artigos
Convibra Conference - Alfabetização Financeira: Análise do Comportamento, da Atitude e do Conhecimento Financeiro dos Brasileiros.
Alfabetização Financeira: Análise do Comportamento, da Atitude e do Conhecimento Financeiro dos Brasileiros.

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Finanças

Temas Correlatos: Ensino e Pesquisa em Administração;

Acessos neste artigo: 16


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Ana Carolina Constante Costa , Pedro Henrique Retore , Mayara De Carvalho Puhle , João Antonio Bulegon Lobler , Ana Elaine Guimaraes Fabian , Arthur Silveira Menna Barreto , Kelmara Mendes Vieira

ABSTRACT
É notória a importância que a alfabetização financeira vem ganhando na vida das pessoas. Resultados apresentados por Atkinson e Messy (2011), enunciam que cidadãos com baixos índices de alfabetização financeira possuem maior dificuldade em gerenciar suas próprias economias e tomar decisões financeiras de maneira racional e consciente. Este estudo objetiva analisar a alfabetização financeira dos brasileiros. Para isso realiza uma pesquisa survey com 1063 brasileiros, maiores de 18 anos. Como técnica de análise são utilizados estatística descritiva e teste de diferença de média. No geral, parcela significativa da amostra apresentou alto nível de conhecimento financeiro, boas atitudes financeiras, assim como, comportamentos financeiros favoráveis. Porém é válido ressaltar que uma outra parcela dos entrevistados não soube responder questões a respeito de diversificação e um percentual bastante significativo, ainda precisa lapidar seus planejamentos em relação ao longo prazo.Os testes de diferença segundo o perfil indicaram que existem diferenças significativas para conhecimento e comportamento, ao posso que, para a dimensão atitude não foram encontradas diferenças significativas. A maioria das diferenças encontradas vão ao encontro das estabelecidas pela literatura. Especialmente quanto ao gênero, as mulheres são menos alfabetizadas do que os homens, convergindo com os estudos de Lusardi e Mitchell (2011), Chen e Volpe (2002), Driva et al. (2016) e Lührman et al. (2015). Para que o país avance na alfabetização financeira é fundamental que os gestores das estratégias nacionais sejam capazes de promover ações específicas para determinados perfis da população. Por exemplo, enquanto a população de maior nível de instrução e alta renda tem acesso a internet e pode ser atingida via estratégias de alfabetização financeira digital, a população mais vulnerável, não será atendida por esse tipo de estratégia, necessitando de ações específicas. 

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.