AS CAPACIDADES DINÂMICAS NA PANDEMIA: ANÁLISE DOS MEIOS DE HOSPEDAGEM DE GRAVATÁ-PE

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão estratégica

Temas Correlatos: Empreendedorismo e inovação;

Acessos neste artigo: 73


Certificado de participação:
Certificado de Emilly Cristine De Aguiar Costa

Certificado de publicação:
Certificado de Emilly Cristine De Aguiar Costa

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Emilly Cristine De Aguiar Costa , Yákara Vasconcelos Pereira

ABSTRACT
Esta pesquisa tem como objetivo analisar como as capacidades dinâmicas contribuíram para enfrentar os impactos da Covid-19 nos meios de hospedagem em Gravatá-PE. Esta pesquisa utilizou o método qualitativo, aplicando a triangulação como forma de garantir validade e confiabilidade dos resultados. O estudo envolveu cinco hotéis e uma pousada, de pequeno e médio porte, localizados em Gravatá. Os dados coletados passaram pela análise de conteúdo com a codificação e categorização. A análise dos resultados foi dividida em duas partes, as capacidades dinâmicas dos hotéis na pandemia e a relação entre as capacidades dinâmicas dos empreendimentos e o destino turístico de Gravatá-PE. Em primeiro, a capacidade dinâmica que contribuiu para enfrentar o impacto da pandemia foi a de tomar decisões críticas, junto com as capacidades ordinárias de adaptação, identificar crises e aperfeiçoamento organizacional. Em segundo, se destacou a relação de subsistência do turismo entre a capacidade dinâmica de tomar decisões críticas e o destino turístico de Gravatá, pela sua hospitalidade.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.