ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DE PARQUES URBANOS BASEADA EM ASPECTOS PERCEPTUAIS DE FORMA E FUNÇÃO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Pública

Acessos neste artigo: 59


Certificado de participação:
Certificado de Melissa Assis Teixeira

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Melissa Assis Teixeira , Letícia Peret Antunes Hardt , Carlos Hardt

ABSTRACT
Diante da relevância de estudos perceptuais para a interpretação da satisfação dos cidadãos em relação à paisagem das cidades e da problemática central de tendência a desconformidades projetuais em áreas urbanizadas, com reflexos negativos nos processos de administração pública, o objetivo geral da pesquisa é desenvolver ensaio de percepção sobre parques urbanos em Curitiba, Paraná, por meio de diagnóstico de aspectos estéticos e funcionais. Com abordagem qualiquantitativa, natureza aplicada e enfoque experimental, a investigação foi baseada em procedimentos metodológicos vinculados à interpretação de devolutivas a questionário online, composto por questões abertas e fechadas. Como respostas à pergunta investigativa sobre quais são as características de forma e função preferidas em nove parques da capital paranaense, os resultados ensaísticos sobre variáveis figurativo-estéticas e orientativo-funcionais atestam a hipótese orientadora de que algumas preferências de usuários não são devidamente consideradas na concepção espacial e, por decorrência, em diretrizes de políticas de gestão de urbes contemporâneas, reforçando a importância da qualidade compositiva e utilitária para a apropriação desses espaços.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.