Teoria da Agência no Brasil Pós-Crise: um estudo bibliométrico

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Teoria das Organizações

Acessos neste artigo: 63


Certificado de publicação:
Certificado de Igor Dias Domingues De Souza
Certificado de Rodrigo Vieira Ferreira

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Igor Dias Domingues De Souza , Rodrigo Vieira Ferreira

ABSTRACT
O presente artigo tem como finalidade efetivar um estudo bibliométrico sobre a publicação de artigos científicos de teoria da agência no Brasil em periódicos da área de Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo de classificação A pela Capes após a eclosão da crise do subprime de 2008. Para tanto, debruçou-se sobre um conjunto final de 28 artigos distribuídos entre 6 periódicos de classificação A2 no período de janeiro de 2008 a agosto de 2023. A contribuição teórica e empírica deste estudo aponta para um crescente nos estudos de teoria da agência a partir de 2017, com foco em estudos de caso sobre governança corporativa, indicando uma tendência de buscar soluções para problemas reais a partir da teoria da agência.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Tema muito interessante, dentro da área de estudos organizacionais, a Teoria da Agência, utilizanco a crise dos sub-primes de 2007/2008 e seu impacto na econmia brasileira. Apresenta estudo bibliográfico, problemas teóricos e questões candentes, analisando as principais temáticas sobre a teoria da agência encontrada na bibliografia selecionada nas publicações da Scielo e artigos classificação A no repositório da CAPES. Delimita bem os pontos fortes e as limitações deste estudo, apontando novas temáticas de estudos relacionados. Entendo este estudo como uma introdução às questões organizacionais das firmas chamdas pelos autores como modernas. Cloncui com a informação do crescimento de publicações sobres este tema após 2017, até 2022, o que pode confirmar a percepção ? ''Atrelado a esse aumento quantitativo de artigo com a temática da Teoria da Agência, salta aos olhos a tendência de ampliação dos estudos acerca da Governança Corporativa; o que pode confirmar a inferência acima de que houve um crescente interesse na teoria da agência como um meio de resolução de problemas concretos das empresas nesse quinquênio. '' citando os autores. Portando considero um tema interessante de ser entendido, através de debates com uso de estudos de caso.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.