LIMITAÇÕES E POTENCIAL PARA INICIATIVAS BRASILEIRAS DE REUSO DE ESGOTO SANITÁRIO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Ambiental

Acessos neste artigo: 71


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Nicolle Lopes Valadares , Madalena Maria Schlindwein , Camila Da Silva Serra Comineti

ABSTRACT
O saneamento básico, além de ser um direito da população, tem a possibilidade,
a partir de um tratamento eficiente dos dejetos, de proporcionar ganhos econômicos,
sociais e ambientais, ampliando a qualidade de vida no Planeta Terra. No entanto, ainda
há a necessidade de muitos estudos para tornar o saneamento básico uma realidade para
a maioria das cidades brasileiras. Neste cenário, tem-se como objetivo geral para este
estudo analisar o potencial do uso de dejetos humanos em uma lógica de economia
circular no Brasil. Para tanto, será realizada uma pesquisa de cunho exploratório e
descritivo, com a utilização de pesquisa bibliográfica e documental. Para a realização
desta pesquisa serão identificados estudos científicos já realizados e publicados em
Periódicos Científicos, bem como iniciativas e projetos implantados no Brasil por meio
de literatura cinzenta. Assim, pretende-se identificar as iniciativas brasileiras e quais as
tecnologias nelas empregadas, além dos marcos legais que permeiam suas ações.
Destarte, quando identificadas, serão analisadas visando entender sua expansão no
território brasileiro, quais os produtos gerados, se as informações a respeito são de fácil
acesso ou não, entendendo assim quanto o nosso país vem avançando na implementação
da lógica cíclica e da sustentabilidade voltada ao processo de tratamento do esgoto.
Palavras-chave: Administração Ambiental. Economia Circular. Bioeconomia.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.