Inteligência emocional na performance de rotinas organizacionais: uma perspectiva exploratória

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Ciência do Comportamento/Neurociências

Temas Correlatos: Saúde Mental;

Acessos neste artigo: 70


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Fábio De Oliveira Pinto Moreira , Douglas De Alencar Gomes , Hilton Vinícius Maia Lins Fialho , Ionete Cavalcanti De Moraes

ABSTRACT
Estudos recentes posicionam a performance dos indivíduos como fator que influencia as rotinas organizacionais. Neste sentido, ocorre a passagem de uma visão analítica onde as rotinas organizacionais fortalecem a continuidade organizacional, para uma perspectiva onde as rotinas sofrem e promovem mudanças em função das capacidades performativas e transformadoras de seus praticantes. Dessa forma, uma análise com maior centralidade nos indivíduos, permite avaliar como suas capacidades podem modificar a realização de rotinas e promover competências organizacionais. Dessa forma, para a realização deste trabalho, de natureza exploratória, foram correlacionados construtos teóricos de inteligência emocional às teorizações mais recentes em rotinas organizacionais. Os resultados sugerem uma relação entre inteligência emocional e o aspecto performativo de rotinas organizacionais.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Jeilson De Oliveira Moisés 22-11-2023 22:59:41

Tema de suma importancia. Parabéns pelo trabalho.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.