Determinantes das Classificações de Crédito Corporativo

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Finanças

Temas Correlatos: Finanças;

Acessos neste artigo: 84


Certificado de participação:
Certificado de Nazario Augusto Oliveira

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Nazario Augusto Oliveira , Leonardo Fernando Cruz Basso

ABSTRACT
O principal objetivo desta pesquisa é identificar os determinantes das classificações de crédito corporativo (Ratings) para empresas listadas no S&P500. As classificações de crédito servem como uma fonte crucial de informações de risco para instituições financeiras, permitindo-lhes avaliar o risco e determinar os custos de empréstimos para os gestores corporativos antes de tomar decisões de empréstimos e financiamento. Para alcançar esse objetivo, um modelo de Equações de Estimativas Generalizadas (GEE) foi empregado, que considera uma estrutura de painel com uma variável dependente categórica classificação de crédito (Ratings) e dez variáveis independentes agrupadas em categorias como alavancagem, liquidez, cobertura de juros, lucratividade, mercado, sobrevivência e macroeconômicas. A amostra compreende 2398 observações abrangendo um período de nove anos, de 2013 a 2021, com 292 empresas públicas operando no mercado dos Estados Unidos. O estudo revela que a cobertura de juros, lucratividade, Q de Tobin, TSR (Retorno Total para Acionistas) e Z-score de Altman foram fatores significativos na explicação das classificações de crédito a um nível de 1%. No geral, o estudo fornece entendimentos valiosos sobre os fatores que afetam as classificações de crédito corporativo, o que pode auxiliar instituições financeiras e empresas a tomarem decisões informadas sobre empréstimos e financiamento.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Douglas José Mendonça 26-10-2023 14:20:00

Este estudo tem como seu principal objetivo a identificação dos fatores determinantes das classificações de crédito corporativo (Ratings) para empresas que fazem parte do S&P500. As classificações de crédito desempenham um papel crucial no fornecimento de informações sobre o risco associado às empresas, o que, por sua vez, permite que instituições financeiras avaliem esse risco e determinem os custos de empréstimos para os gestores corporativos antes de tomar decisões relacionadas a empréstimos e financiamento. Os resultados do estudo indicam que a cobertura de juros, lucratividade, Q de Tobin, TSR (Retorno Total para Acionistas) e Z-score de Altman foram fatores significantes na explicação das classificações de crédito, com um nível de significância de 1%. Este estudo fornece informações valiosas sobre os fatores que influenciam as classificações de crédito corporativo, o que pode auxiliar tanto instituições financeiras quanto empresas na tomada de decisões mais informadas relacionadas a empréstimos e financiamento. Essas descobertas contribuem para a compreensão dos elementos que moldam o processo de avaliação de risco de crédito e são de grande importância para o setor financeiro e empresarial.

Foto do Usuário Kascilene Gonçalves Machado 17-11-2023 17:19:44

O tema do trabalho é relevante, informações sobre a avaliação do risco de crédito é muito bem vindo para ampliar o conhecimento e auxiliar na tomada de decisão em investimentos financeiros. Entretanto o trabalho apresenta pontos a serem melhorados: apresentar de forma clara o objetivo da pesquisa na Introdução; apresentar na revisão da literatura trabalhos similares que embasem a pesquisa desenvolvida, por exemplo, trabalhos que empregaram as mesmas variáveis (ou algumas das variáveis), o que reforçaria o uso das variáveis selecionadas no trabalho e também enriqueceria as análises de resultados evidenciando ou não os achados da pesquisa. Os resultados apresentados vão de encontro com a literatura? Na metodologia explicar como os variáveis foram selecionadas (por que utilizou estas variáveis?), sobre a coleta de dados, explicar como foi feita a seleção das 292 empresas e justificar a escolha do período de pesquisa (2013 a 2021). As análise de resultados apenas apresentam os resultados da pesquisa, sem embasamento teórico. Assim, não é possível afirma que as 5 variáveis que foram consideradas estatisticamente significativas a partir do método empregado está de acordo com a literatura, bem como as demais variáveis que foram rejeitadas, se de fato houve resultados similares na literatura. Por fim, muitas das referencias utilizadas são antigas. Deve-se buscar por trabalhos o mais recentes possíveis.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.