UMA ANÁLISE INTERPRETATIVA INTRA-PANDEMIA DOS DADOS DE REDES SOCIAIS NOS NEGÓCIOS

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão estratégica

Temas Correlatos: Gestão estratégica;

Acessos neste artigo: 88


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Margarete De Fatima Marcon , Gabrielly De Pinho Ferreira , Maria De Fátima Putton

ABSTRACT
Para as organizações, manter-se no mercado durante o período de pandemia foi um grande desafio, pois se desrespeitassem o decreto a multa seria de alto preço. Por isso, tiveram que traçar uma estratégia para chegar até o cliente sem abrir as portas para o público, e com isso, tecnologias atenderam prontamente o mercado, fazendo com que as organizações revessem os seus planejamentos. Nota-se que durante a pandemia o comércio físico se tornou cada vez mais ultrapassado em relação ao comércio digital, devido as tecnologias e a alta exigência do consumidor, contanto é nítido o esforço dos gestores em demostrar todos os cuidados que estão realizando em seus produtos e serviços. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é investigar as principais práticas utilizadas por organizações de diferentes segmentos de mercado nas redes sociais, que promoveram visibilidade e comercialização dos empreendimentos no cenário Covid-19. A pesquisa deste trabalho apresenta natureza básica, já a forma de abordagem a pesquisa caracteriza-se como quantitativa e referente aos procedimentos técnicos a presente pesquisa é caracterizada pela pesquisa bibliográfica, levantamento, estudo de multicascos, ex-post-facto e pesquisa não participante. Comprovaram-se os resultados por meio dos dados obtidos, que houve impacto positivo nas organizações que utilizaram as redes sociais. As principais mudanças foram a adequação e adaptação do método de vendas, que anteriormente era totalmente presencial e após o início da Covis-19 foi migrado o consumo físico para o online, o que acarretou no aumento significativo das vendas e estudo das estratégias de outras organizações de diferentes segmentos, trazendo essas estratégias para a realidade das organizações em que o questionário foi aplicado. Mediante os dados encontrados é possível afirmar que as redes sociais impulsionaram a comercialização dos produtos e serviços durante o período de pandemia e após o ápice as organizações continuaram a utilizar as redes sociais como um meio de comércio e propaganda de seus produtos e serviços.

PALAVRAS-CHAVE: Redes Sociais. Covid-19. Visibilidade. Organizações

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.