O BALANCED SCORECARD E A MATRIZ SWOT: UM ESTUDO BIBLIOMÉTRICO NA GESTÃO ESTRATÉGICA DAS EMPRESAS

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão estratégica

Temas Correlatos: Ensino e Pesquisa em Administração;

Acessos neste artigo: 68


Certificado de publicação:
Certificado de Amanda Caroline Baumann

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Amanda Caroline Baumann , Presline Blum

ABSTRACT
A gestão estratégica das empresas está cada vez mais volátil no ambiente atual. Nota-se que no período pós-pandemia houve um aumento significativo na falência das empresas. Isso designa-se pela não adaptação ao meio e estagnação circunstancial da gestão estratégica nas empresas. As ferramentas BSC e Matriz Swot, são auxiliadoras nesse quesito e, portanto, à uma necessidade de implementá-las nas organizações. A partir disso, avaliou-se os artigos relacionados a essas ferramentas, e estudou-se as avaliações e fatores de impacto destes. Para isso, utilizou-se a base de consulta nacional Capes, evidenciando os artigos em uma bibliometria. Portanto, a partir do pressuposto a problematização foi evidenciada em: Qual o perfil da produção científica referente às ferramentas estratégicas BSC e a Matriz Swot na base de consulta Capes?. Para resolução, optou-se pela utilização de um objetivo geral, identificado como analisar os trabalhos científicos publicados na base Capes sobre o BSC e 
Matriz Swot. Este estudo e aplicação ocorreu por meios quantitativos, como uma base de dados primária, através de meios bibliométricos, além da bibliografia e a análise estatística descritiva. A partir da delimitação dos métodos, optou-se pela aplicação de um protocolo de pesquisa em uma amostra de 247 artigos, onde os principais resultados foram à similaridade entre as publicações dessas ferramentas com picos entre 2010 e 2020, e ainda, uma decadência de publicações, que coincidentemente com o período da pandemia. Outro ponto encontrado é que B2 foi o Qualis mais avaliado nas ferramentas. Já as principais palavras-chaves encontradas foram “Gestão”, “Planejamento” e “Estratégia” para as duas, além de subtemas relacionados como a área da saúde e gestão de projetos. Após a apresentação de resultados, houve uma execução de agenda de pesquisas que evidenciou-se os possíveis estudos futuros das áreas, utilizando-se autores mais relevantes dos últimos anos sobre os temas. Identificou-se que o assunto que condiz com a aplicação das ferramentas em outras áreas, foi o mais citado para continuidade das pesquisas científicas.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.