A LIGA ACADÊMICA DE AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA DA UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO (LAAPUPE) COMO FERRAMENTA PARA A FORMAÇÃO EM PSICOLOGIA: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Educação, formação e treinamento em saúde

Temas Correlatos: Gestão da Promoção e Marketing da Saúde;

Acessos neste artigo: 80


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Jamiris Carla Do Nascimento , Leticia Mirelly Da Silva Costa , Alexander Philippi Souza Da Silva , Kamila Alves Pimentel , Pablo Natan Macedo Dos Santos , Rafa Nascimento , Heloísa Gabrielle Alves Pontes Silva Flayban , Heloísa Karmelina Carvalho De Sousa

ABSTRACT
As Ligas Acadêmicas (LA) surgiram no Brasil a fim de questionar os ensinamentos universitários, promovendo conhecimento teórico e prático. Hoje, continuam a enfatizar ensino, pesquisa, extensão e buscam beneficiar a comunidade. Embora as ligas existam há algum tempo, os estudos sobre ligas acadêmicas são escassos. Encontra-se em destaque na área da saúde, Medicina, curso que liderou essa em fundação de ligas acadêmicas, mas atualmente o curso de Psicologia vem apresentado crescimento nesse quesito, a exemplo disso temos a Universidade de Pernambuco. 
A Liga Acadêmica de Avaliação Psicológica da Universidade de Pernambuco (LAAPUPE) foi fundada em 2021 para fortalecer a formação teórico-prática dos alunos do curso de psicologia e buscou-se promover capacitação científica e ética. Atividades realizadas pela liga incluem estudos, pesquisa, extensão e projetos científicos. O formato de Ligas acadêmicas dentro das universidades são cruciais para a formação estudantil, oferecendo oportunidades de aprofundamento, desenvolvimento de habilidades e projetos práticos. Por isso, elas realizam eventos, palestras, grupos de estudo e atividades práticas, enriquecendo a experiência acadêmica para os discentes. Assim, ligas se configuram como entidades estudantis, sem fins lucrativos, focadas em pesquisa, ensino e extensão. A participação nessas atividades, beneficia o desenvolvimento pessoal, social e profissional dos estudantes, expandindo redes de contatos e habilidades. Desse modo, o meio acadêmico deve valorizar ligas como instrumentos relevantes para a vida estudantil e reconhecer a importância de buscar conhecimento além das disciplinas formais.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Lauriane Martins Santana 29-10-2023 21:02:24

A temática apresentou uma discussão interessante acerca da formação do estudante de Psicologia. Parabéns aos que estão a frente desse trabalho, pois é fundamental na formação do estudante de psicologia o acesso a processos formativos de ensino aprendizagem que contribuam para uma reflexão critica sobre a profissão.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.