A GERAÇÃO DE ENERGIA HIDROELÉTRICA E SEUS IMPACTOS SOCIOAMBIENTAIS: UM LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO E DOCUMENTAL

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Ambiental

Temas Correlatos: Globalização e Internacionalização de Empresas;

Acessos neste artigo: 78


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Álaze Gabriel Do Breviário

ABSTRACT
O artigo busca refletir sobre os impactos socioambientais provocado pela geração de energia hidroelétrica sobre os ecossistemas e as populações ribeirinhas. Tem como objetivo subsidiar a elaboração e a implementação de políticas públicas e privadas nesta área. Para tanto, utiliza o método observacional não participante, dos tipos bibliográfico e documental, como a base procedimental da sua investigação. Discute e conclui que a hidroeletricidade, por um lado, é imprescindível para o desenvolvimento sustentável de uma nação, mas que, por outro lado, a sua geração é complexa, tem prejudicado a fauna e a flora por meio da construção, da montagem e do funciomento de empreendimentos hidroelétricos, e exige a elaboração e a implementação de políticas públicas e privadas que promovam o desenvolvimento de tecnologias sustentáveis, em especial aquelas ligadas à irrigação, atividade que utiliza cerca de 70% da água doce mundial.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

O trabalho explora diversas questões importantes relacionadas com a geração de energia hidroelétrica e seus impactos socioambientais de forma ampla e consistente embasado em ampla revisão, desse modo, é importante fonte de informações. Parabéns!

Foto do Usuário Douglas José Mendonça 06-11-2023 09:51:07

O artigo em questão tem como foco a análise dos impactos socioambientais gerados pela produção de energia hidroelétrica nos ecossistemas e nas comunidades ribeirinhas. Seu objetivo principal é fornecer subsídios para a elaboração e implementação de políticas públicas e privadas relacionadas a este campo. No entanto, é importante ressaltar que, ao analisar o conteúdo do artigo, nota-se a ausência de uma seção dedicada a resultados e discussões, uma parte crucial em qualquer pesquisa ou análise. O método adotado para a pesquisa é o observacional não participante, com enfoque nos tipos bibliográfico e documental como base procedimental para a investigação. O artigo discute a complexidade da geração de hidroeletricidade, apontando que ela desempenha um papel fundamental no desenvolvimento sustentável de uma nação. No entanto, também ressalta que a construção, montagem e operação de empreendimentos hidroelétricos têm impactos negativos na fauna e na flora. Além disso, o texto destaca a necessidade premente de desenvolver políticas públicas e privadas que promovam tecnologias sustentáveis, com ênfase na área de irrigação, que consome aproximadamente 70% da água doce globalmente. A conclusão do artigo aponta para a importância de encontrar um equilíbrio entre a demanda por energia hidroelétrica e a preservação dos ecossistemas e comunidades afetadas. No entanto, a falta de uma seção de resultados e discussões representa uma lacuna no artigo. Essa seção é fundamental para apresentar as conclusões derivadas da análise e promover uma discussão crítica dos resultados obtidos. Portanto, seria aconselhável que futuros trabalhos relacionados a este tema incluíssem essa parte essencial para uma análise mais completa e robusta, contribuindo assim para um entendimento mais abrangente dos impactos da geração de energia hidroelétrica sobre o meio ambiente e as populações ribeirinhas.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.