Levantamento Quantitativo de Embalagens Vazias de Agrotóxicos Devolvidas no Posto de Coleta da Paraíba

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Temas Correlatos: Sustentabilidade ambiental;

Acessos neste artigo: 254


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Heloisa Luciana Marinho Da Silva , Angela Lima Menêses De Queiroz , Sandryelle Luciana Bezerra Monteiro , Laís Campos Teixeira De Carvalho Gonçalves , Márcia Aparecida Cezar , Márcia Helena Pontieri , Solange Maria De Vasconcelos , Thiago Marcel Galdino Olinto , Rachel Reis Da Silva , Roberto Chiappetta

ABSTRACT
O aumento do consumo e a evolução dos agrotóxicos foram evidenciados no Brasil, nos últimos
anos, paralelamente ao aumento da produtividade agrícola, e como consequência disso
ocorreram o aumento das embalagens geradas a partir dessa utilização. Infelizmente, é comum
o reaproveitamento de embalagens para armazenar água e alimentos, podendo causar risco à
saúde humana. Desta forma a logística reversa promove o retorno adequado das embalagens
vazias de agrotóxicos, visando à reciclagem e destinação correta. No Estado da Paraíba existe
apenas um posto de recolhimento de embalagens, coordenado pela Associação dos
Revendedores de Produtos Agropecuários do Nordeste (ARPAN). Desta forma objetivou-se
realizar um levantamento de informações sobre a quantidade de embalagens devolvidas no
posto de coleta situado no município de Mamanguape entre os anos de 2018 a 2023.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Guilherme Heverton Lima E Silva 07-07-2023 16:27:25

trabalho importante para conscientização dos perigos do descartes de forma errada das embalagens, parabéns!

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.