Zoneamento Climático Para a Produção de Cana-de-Açúcar: Estratégias Para Maximizar o Potencial Produtivo.

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agrometeorologia e Geotecnologia

Temas Correlatos: Agricultura;

Acessos neste artigo: 285


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Camila Morais , Guilherme Botega Torsoni , Lucas Eduardo De Oliveira Aparecido , João Antonio Lorençone , Alisson Gaspar Chiquitto

ABSTRACT
RESUMO: Este artigo discutiu a relevância da cana-de-açúcar como cultura para diferentes usos, destacando o impacto socioeconômico da cana-de-açúcar no Brasil, sendo o maior produtor mundial. Apesar da alta produtividade da cana-de-açúcar no Mato Grosso do Sul, seu crescimento é vulnerável às mudanças climáticas. Foi trabalhada também a ferramenta de Zoneamento em Risco Climático (ZARC), que ajuda a identificar áreas aptas para o cultivo da cana-de-açúcar, levando em consideração, variáveis como radiação solar, temperatura do ar, chuvas e evapotranspiração potencial. Usando dados coletados sobre temperatura, precipitação e evapotranspiração mapeando as zonas climáticas aptas para a produção da cana-de-açúcar no Mato Grosso do Sul.

Palavras-chave: variabilidade climática, modelagem climática, balanço hídrico, temperatura do ar.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Guilherme Heverton Lima E Silva 07-07-2023 16:15:04

Trabalho muito interessante, além do mais por ser uma cultura que tem um valor historico e econômico no páis, parebéns.

Foto do Usuário Henrique De Souza Gomes 07-07-2023 16:22:12

Achei muito interessante o trabalho, mostra uma boa perspectiva de como as mudanças climáticas influênciam a produção dessa cultura.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.