Viabilidade Econômica e técnica de piloto automático versus colheita tradicional na cana-de-açúcar

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Temas Correlatos: Economia agrícola e agronegócios;

Acessos neste artigo: 252


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Edson Pereira Da Mota , Guilherme Carlos Stahl , Raquel Peverari De Campos

ABSTRACT
O Brasil é o maior produtor mundial de cana-de-açúcar, com mercado estimulado pela busca de energias renováveis e preços atrativos do açúcar e etanol. Para a continuidade e evolução desse sistema, é importante se atentar ao manejo técnico, assim como os reflexos que estes causam nos custos de produção. A colheita, operação predominantemente mecanizada, possui impacto nos custos, onde tecnologias de agricultura de precisão vem buscando aumentar a eficiência e trazer maiores ganhos técnicos e econômicos. O objetivo foi analisar a viabilidade técnica e econômica da aquisição do piloto automático para colheita de cana-de-açúcar. Realizou experimento de campo comparando a colheita mecanizada tradicional frente ao piloto automático, colheu-se 7 parcelas de cada operação, onde analisou a eficiência de colheita e levantaram-se os custos para análise de rendimento econômico do uso da tecnologia. A viabilidade econômica foi realizada utilizando as ferramentas Valor Presente Líquido (VPL), Taxa Interna de Retorno (TIR) e Payback simples. Observou-se que o uso do piloto automático na colheita aumentou a eficiência, com diminuição total (acumulada) de perdas de até 37%. Em relação a viabilidade da aquisição, obteve-se VPL de R$ 406.316,42 e TIR de 146%, mostrando que a aquisição da tecnologia de piloto automático para colheita de cana-de-açúcar é viável dada sua redução nas perdas de produto colhido. 

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.