Quantificação da Massa Fresca e Seca de Plântulas de Café Arábica (Coffea Arabica) Inoculadas com Trichoderma Harzianum em Diferentes Tempos de Imersão

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Temas Correlatos: Agricultura;

Acessos neste artigo: 201


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Aline Aparecida Martins Rolim , Flávio Neves Celestino , Danielle De A. Silva , Ricardo Arizono Dos Reis

ABSTRACT
Os fungos promotores de crescimento têm demonstrado importante papel no desenvolvimento das culturas agrícolas. O objetivo deste trabalho foi quantificar a massa seca e fresca de plântulas de café arábica (C. arabica L.) inoculadas com o fungo T. harzianum, bem como, determinar o tempo de imersão das sementes na suspensão dos conídios. Para inoculação do fungo foi realizado a imersão de sementes em suspensão de conídios, a uma concentração de 1 x 107 conídios.mL-1 em diferentes tempos (0h; 6h; 12h; 24h; 48h e 96h). Foram avaliados a massa fresca e seca das plântulas. Os dados foram submetidos a análise de variância e as médias comparadas pelo teste F, a 5% de probabilidade. Para verificar a influência do tempo de imersão os dados foram submetidos à análise de regressão, ao nível de 5% significância. Não houve aumento da massa fresca de plântulas de café arábica quando inoculada com o fungo T. harzianum, exceto para o tempo de imersão por 0 e 6 horas, onde T. harzianum promoveu maior massa fresca de plântulas. Não houve aumento da massa seca de plântulas de café arábica quando inoculada com o fungo T. harzianum, exceto para o tempo de imersão por 0 horas, onde T. harzianum promoveu maior massa seca de plântulas.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.