artigos
Convibra Conference - O Executivo de Futebol: Caracterização do Cargo e Liderança em Clubes de Futebol do Espírito Santo
O Executivo de Futebol: Caracterização do Cargo e Liderança em Clubes de Futebol do Espírito Santo

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão de RH

Temas Correlatos: Gestão de RH;

Acessos neste artigo: 62


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Guilherme Teixeira Coelho , Vera Lúcia Da Conceição Neto

ABSTRACT
O objetivo da pesquisa foi identificar as características inerentes ao desempenho do cargo de executivo de futebol e analisar o estilo liderança praticado nos clubes do futebol capixaba. O futebol assume o caráter de identidade nacional e comporta a dimensão social, por ser uma das ferramentas essenciais de desenvolvimento e inclusão do indivíduo na sociedade, estando no imaginário de muitos jovens como a única alternativa factível de ascensão social. A pesquisa foi qualitativa, por meio de entrevista semiestruturada com três executivos de futebol de clubes do Espírito Santo. A análise de conteúdo foi a técnica utilizada para a análise das informações. Os resultados demonstraram que  o fator da identidade nacional é um importante influenciador, tendo em vista que desde a tenra infância os brasileiros são expostos a uma cultura de valorização do futebol reforçada pela família. As características relevantes para o exercício do cargo de executivo de futebol são: responsabilidade pela conservação do patrimônio físico; responsabilidade por informações confidenciais; gestão de pessoas; capacidade de influenciar pessoas – habilidade de liderança; trabalho em equipe; controle emocional; comunicação; organização; administração de conflitos. Destaca-se também a multifuncionalidade do executivo, justificada pelo fato do baixo investimento nos clubes locais, em suprir as exigências de pessoal de um clube de futebol profissional.  Quanto à prática da liderança pelos executivos, a abordagem contingencial vincula a adaptação do modo de agir do líder ao perfil e às necessidades dos liderados diante dos contextos.  Também, o modelo transacional foi identificado pelo fato de o contexto esportivo exigir que incentivos salariais consideráveis existam como forma de proporcionar maior interesse no atleta para a conquista dos objetivos propostos. E o  modelo transformacional trata da inclinação dos profissionais em exercer sua liderança mediante o próprio exemplo.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Nathan Pompermayer 18-11-2022 00:06:19

Quero parabenizar o autor do artigo, por ter escolhido um tema em que liga a paixão nacional, no contexto de liderança, além de trazer informações interessantes sobre liderança, representado pelo executivo de futebol, em um estado onde o desporto coletivo, o futebol, é de baixa representatividade comparado ao nível nacional.

Foto do Usuário Amaro Marcos Dos Santos Junior 07-12-2022 14:34:21

Considero que esse estudo tem grande contribuição na área de gestão de pessoas, principalmente na abordagem inerentes a características do indivíduo que pretende desempenhar um bom papel na área do profissional de executivo de futebol, levando também em consideração o seu estilo de liderança, onde é possível perceber vários fatores que influenciam nessas característica. Parabéns aos autores pelo trabalho.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.