artigos
Convibra Conference - INCLUSÃO ENCARCERADA: O SIGNIFICADO DO TRABALHO E A REINSERÇÃO DA MULHER EGRESSA DO SISTEMA PENITENCIÁRIO NO MERCADO FORMAL
INCLUSÃO ENCARCERADA: O SIGNIFICADO DO TRABALHO E A REINSERÇÃO DA MULHER EGRESSA DO SISTEMA PENITENCIÁRIO NO MERCADO FORMAL

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão de RH

Acessos neste artigo: 58


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Kaique Dias Bento

ABSTRACT
A reinserção dos egressos do sistema penitenciário corresponde a uma problemática recente, que dialoga diretamente com os desafios apresentados ao mundo do trabalho atual. Ao enfrentarem o desafio social da reintegração, os egressos do sistema penitenciário vivenciam um ciclo contínuo: se deparam com dificuldades para obter uma colocação junto às empresas pelo passado de atuação na criminalidade e pela consequente falta de qualificação. Todavia, enquanto encarcerados, não recebem incentivos suficientes para qualificação profissional, o que dificulta o seu ingresso no mercado de trabalho. Neste sentido, de modo a ampliar a discussão do tema, este artigo buscou, como objetivo, identificar qual o significado que a mulher egressa do sistema penitenciário atribui à sua experiência de inclusão no mercado formal de trabalho. O estudo, delineado como exploratório, de natureza qualitativa, foi construído a partir de pesquisa bibliográfica e de entrevistas temáticas em profundidade. Através da análise das entrevistadas, pôde-se perceber que o sentido que dão ao trabalho e à inclusão mostra-se condizente com o que a literatura apresenta. De modo geral, para estas, o sentido do trabalho relaciona-se com o sentido da vida. O sofrimento pelo fato de não trabalharem vincula-se ao sofrimento ocasionado pela ausência de oportunidades de ingresso no mercado formal de trabalho.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

O artigo científico trata de temática muito pouco pesquisada, mas que é de extrema relevância social e econômica. E, particularmente, por buscar compreender a questão feminina quanto à escassez de oportunidades para geração de renda e emprego. Observou-se um esforço importante do pesquisador para conseguir executar a pesquisa. Parabenizo o autor pela escolha do tema, pela construção textual muito boa com uso de referências que embasaram o referencial teórico de maneira interessante. A metodologia também construída de forma clara e plausível. As conclusões do estudo demonstram que é necessário que toda a sociedade se preocupe com o tema proposto no trabalho, pois o empoderamento feminino e, inclusive, das mulheres egressas do sistema carcerário deve ser oportunizado amplamente para que a sociedade seja mais justa e igualitária para todos e todas. Parabéns!

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.