artigos
Convibra Conference - GÊNESE, FUNÇÃO E ELEMENTOS FUNDAMENTAIS DA DOUTRINA GERENCIALISTA: A TEORIA DOS GESTORES
GÊNESE, FUNÇÃO E ELEMENTOS FUNDAMENTAIS DA DOUTRINA GERENCIALISTA: A TEORIA DOS GESTORES

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Ensino e Pesquisa em Administração

Temas Correlatos: Ensino e Pesquisa em Administração;

Acessos neste artigo: 66


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Hermann Junior Moreau

ABSTRACT
O objetivo desse artigo foi demonstrar a gênese e função da apologia indireta ao capitalismo na assim chamada “doutrina gerencialista” ou teoria dos gestores na qual estes seriam uma nova e dominante classe social na suposta transição do modo de produção capitalista para uma “sociedade gerencial”. Essa doutrina ou teoria não é nova. Surgida a partir de uma série de desenvolvimentos na transição entre os séculos XIX e XX, ganhou fôlego com Bruno Rizzi e James Burnham nas décadas de 1930 e 1940, sendo o segundo autor uma fonte primária de grande difusão a partir do livro A Revolução Gerencial. Um segundo desenvolvimento teve impulso com J.K. Galbraith a partir dos anos de 1960, obtendo considerável difusão, inclusive no Brasil, por mediação de intelectuais como Bresser Pereira. Sabemos que como todas as formações de pensamento, a ideologia dos gestores está ligada a condições sócio-históricas e é nos EUA que reuniram-se as condições necessárias e suficientes em mais alto grau para o desenvolvimento de tal teoria dos gestores.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.