artigos
Convibra Conference - ASSISTÊNCIA ÀS MULHERES SURDAS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA
ASSISTÊNCIA ÀS MULHERES SURDAS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Saúde da Mulher

Acessos neste artigo: 11


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Patrícia Pereira Tavares De Alcântara

ABSTRACT
Mulheres surdas fazem parte do universo de problemáticas sociais e de saúde pública, dentre elas o da violência contra a mulher. Objetivou-se averiguar as ações desenvolvidas pelos Enfermeiros da Estratégia Saúde da Família na assistência às mulheres surdas vítimas de violência. O estudo foi realizado com profissionais enfermeiros das Estratégias de Saúde da Família (ESF) da zona urbana, do município de Iguatu/CE. A coleta de dados foi realizada no período de setembro a outubro de 2020, por intermédio de um link, que disponibilizava um questionário eletrônico no Google Forms, onde os profissionais poderiam responder as perguntas após o aceite do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido – TCLE. Verificou-se que assistência do enfermeiro às mulheres surdas vítimas de violência não é algo comum, pois os profissionais não se consideram capacitados para ofertar esta assistência. Concluiu-se que quanto mais os profissionais forem capacitados sobre LIBRAS, maior a possibilidade de respeito à inclusão social e à cultura do surdo. 

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.