artigos
Convibra Conference - RELAÇÃO ENTRE VARIÁVEIS SOCIODEMOGRÁFICAS E FUNCIONAIS E CONTEXTO DE TRABALHO NA ÁREA POLICIAL
RELAÇÃO ENTRE VARIÁVEIS SOCIODEMOGRÁFICAS E FUNCIONAIS E CONTEXTO DE TRABALHO NA ÁREA POLICIAL

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão de RH

Acessos neste artigo: 17


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Willyanne Paula Figueiredo Bernardo Sousa , Agostinha Mafalda Barra De Oliveira , Pablo Marlon Medeiros Da Silva , Juliana Carvalho De Sousa

ABSTRACT
O estudo teve como objetivo principal analisar a relação entre variáveis sociodemográficas e funcionais e o contexto de trabalho em policiais. A pesquisa foi aplicada na Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar (PM). A fim de atingir os objetivos, foram aplicados questionários, de forma online, respondidos por 68 policiais tanto do serviço operacional quanto do administrativo. Foi realizado um estudo quantitativo, com análise descritiva dos dados, correlação (de Pearson) e o comparativo de medias (Teste T e ANOVA). Com base nas análises realizadas, observou-se que, os policiais consideram suas condições de trabalho e as suas relações socioprofissionais de satisfatório a crítico, enquanto a dimensão a organização do seu trabalho de crítico a grave. encontrou-se diferenças significativas nas comparações de médias das variáveis gênero, órgão de lotação, tipo de serviço, escala de trabalho com uma ou mais de suas dimensões. Tais resultados permitem tecer reflexões sobre o nível de adoecimento psíquico em agentes policiais, bem como identificar possíveis fatores associados a esse adoecimento.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.