artigos
Convibra Conference - RELAÇÃO UNIVERSIDADE-EMPRESA PARA A PROMOÇÃO DA INOVAÇÃO: UM MAPEAMENTO BIBLIOMÉTRICO
RELAÇÃO UNIVERSIDADE-EMPRESA PARA A PROMOÇÃO DA INOVAÇÃO: UM MAPEAMENTO BIBLIOMÉTRICO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Empreendedorismo e inovação

Temas Correlatos: Empreendedorismo e inovação;

Acessos neste artigo: 65


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

João Marcos Teixeira De Oliveira , Nayara Gonçalves Lauriano , Rodrigo Gava

ABSTRACT
Ao longo dos anos é possível constatar que há uma transformação ativa no papel das universidades quanto à sua atuação na sociedade. Além de desenvolver atividades de ensino e pesquisa, são também assimiladas capacidades de intervenção no desenvolvimento econômico local e nacional para a promoção do progresso tecnológico e da inovação. Em consonância com este movimento, diferentes agentes, dentre eles empresas, buscam convergir seus interesses e atividades para se relacionar com estas instituições geradoras de conhecimento e garantir a sua sobrevivência frente à competição de mercado. O presente trabalho tem como objetivo mapear e caracterizar os estudos em inovação voltados à investigação da relação universidade-empresa (U-E). Para tanto, foi utilizada a análise bibliométrica de 1103 artigos extraídos das bases de dados Web of Science e Scopus, utilizando o pacote Bibliometrix do Software R Studio. Após a sintetização das informações, foi possível identificar que a produção científica sobre a temática vem aumentando de maneira significativa nos últimos anos, e que países pioneiros como Reino Unido e Estados Unidos mantém a liderança no número de publicações, mesmo havendo um aumento recente de publicações de países como a China. Termos como innovation, university-industry collaboration e technology transfer figuram como os mais usados por acadêmicos da área. Os resultados obtidos contribuem para a construção de perspectivas teóricas e para a identificação de pontos de partida no desenvolvimento de futuras pesquisas no campo da inovação.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.