artigos
Convibra Conference - Investimento Estrangeiro Direto e Produtividade do Trabalho: Evidências do Estado de São Paulo
Investimento Estrangeiro Direto e Produtividade do Trabalho: Evidências do Estado de São Paulo

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Pública

Temas Correlatos: Administração Pública;

Acessos neste artigo: 14


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Lucas Henrique Gachet , Vitor Melão Cassânego

ABSTRACT
O Investimento Estrangeiro Direto (reconhecido pela sigla IED, ou mais comumente em inglês FDI) é creditado como um dos maiores impulsionadores de crescimento econômico, através da acumulação de capital e por trazer novos conhecimentos de empresas mais consolidadas vindo do exterior, aumentando a produtividade de países com os transbordares do conhecimento. Apesar de países investirem massivamente para a atração dessas empresas através de subsídios e deduções de impostos, não é clara na literatura a relação entre produtividade do trabalho e investimento estrangeiro, com essa relação podendo ser negativa em alguns casos. 
Esse estudo trás pela primeira vez essa abordagem no país,com uma base do Estado de São Paulo. Foi encontrada uma relação significante e negativa entre IED e produtividade no estado, com exceção para altos valores de capital humano (porção de uma população com formação universitária), em que os resultados foram significantes e positivos. O estudo aborda as implicações para política pública. 

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.