artigos
Convibra Conference - Gestão de Recursos Humanos: Reflexões sobre Avanços e Resistências em sua Consideração Estratégica
Gestão de Recursos Humanos: Reflexões sobre Avanços e Resistências em sua Consideração Estratégica

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão de RH

Temas Correlatos: Gestão;

Acessos neste artigo: 26


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Nívea Marcela M. Nascimento Macedo , Thales Batista De Lima

ABSTRACT
Atualmente, há uma incompreensão sobre a área de Recursos Humanos e sua função estratégica para o negócio. Tal incompreensão gera uma resistência nessa consideração estratégica da referida área em relação a outras como, por exemplo, marketing ou finanças. Por vezes, a área é vista também como empecilho à inovação, uma vez que seus processos de trabalho são considerados operacionais e não muito passíveis a modificações frente a sistemas complexos de outras áreas como tecnologia de informação, por exemplo. A área, ainda, é vista como geradora de custos a médio e longo prazos. A partir de uma revisão bibliográfica, o objetivo deste estudo é identificar as resistências que propiciam uma visão equivocada da contribuição da área de Recursos Humanos para a estratégia organizacional.  A congruência com objetivos estratégicos, a mudança de percepção e a consequente atuação da referida área com toda a empresa são os princípios de mudança para um setor mais estratégico e consciente de seu papel. É necessário que a área promova a gerência do capital humano com o devido alinhamento com outras áreas do negócio, assim como desenvolver um aprendizado em nível de grupo a partir de uma atuação mais abrangente e pautada nos objetivos estratégicos da organização. 

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.