Emns, Ied e Intensidade Regional de Invenção: Evidências do Brasil

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Empreendedorismo e inovação

Temas Correlatos: Empreendedorismo e inovação;

Acessos neste artigo: 454


Certificado de participação:
Certificado de Vitor Melão Cassânego

Certificado de publicação:
Certificado de Vitor Melão Cassânego

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Vitor Melão Cassânego

ABSTRACT
O investimento direto estrangeiro (IED) tem sido visto pela literatura como um fator influente na evolução tecnológica das indústrias locais e no desenvolvimento dos ecossistemas nacionais de inovação. Do mesmo modo, desde os anos 90, várias nações em desenvolvimento, tais como o Brasil, procuraram atrair o IED como forma de potenciar o seu desenvolvimento através de produção inovadora. Contudo, as evidências sobre se o IED configura uma fonte de influência positiva ou negativa sobre as capacidades de inovação regional são definitivamente mistas. Especialmente quando o foco da investigação são as economias emergentes, há falta de estudos na literatura especializada sobre estes temas a nível regional. Assim, esse estudo visa contribuir para a literatura, analisando a influência das EMNs na intensidade de invenção regional. Esta última é medida pela produção de patentes, sendo as patentes de invenção consideradas de alta intensidade e os modelos de utilidade / certificados de adição considerados invenções de baixa intensidade. Espera-se que isto proporcione informação para uma análise mais aprofundada das relações dentro do território brasileiro, bem como contribuições importantes para os responsáveis por elaborar políticas e decisões de gestão relativas a instituições públicas e privadas. Os principais resultados foram que a base de dados reflete as desigualdades existentes em todo o Brasil, mais especificamente no estado de São Paulo, e que o IED das EMNs tem uma influência positiva nas invenções de alta e baixa intensidade, sendo que a maioria das variáveis de controle escolhidas possuem relevância estatística para explicar a intensidade de invenção.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Adriana Carvalho Pinto Vieira 09-11-2022 14:26:20

A temática ecossistema de inovação é importante para os dias atuais, bem como o sistema de propriedade intelectual. Infelizmente, não há concesso na literatura de que a patente é um instrumento para se medir o desenvolvimento, tendo em vista a falta de conhecimento da sua importância nos mercados emergentes. Bem como ainda há na literatura ideologias muito fortes contrárias ao sistema de propriedade intelectual, afirmando que a empresa que tem registro de patentes monopoliza o mercado. O que não verdade, ela gera a ''criação destruidora'' proposta por Schumpeter, bem como promove e estimula o mercado concorrente, promovendo o desenvolvimento. O trabalho é importante para conhecimento sobre a temática da inovação.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.