artigos
Convibra Conference - Utilização de Práticas de Metodologias Ágeis Para Diminuição de Fricção em Empresas do Primeiro Setor
Utilização de Práticas de Metodologias Ágeis Para Diminuição de Fricção em Empresas do Primeiro Setor

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Pública

Acessos neste artigo: 52


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Carlos Alberto Vila Nova Schwambach , Pedro Mendonça , Pedro Amaral , Euri Charles Andrade Da Silva , Vitor Mafra , Victor Fernandes Cavalcanti Borges

ABSTRACT
O crescimento rápido da tecnologia ao longo dos últimos séculos, particularmente a revolução
digital do final da guerra fria, causaram um crescimento econômico e desenvolvimento intelectual
sem precedentes: porém, também levaram a uma sociedade volátil. Do mesmo modo que o
taylorismo surgiu para adaptar os métodos de trabalho à realidade das primeiras revoluções
industriais, os países hoje buscam métodos capazes de lidar com o caos inerente da sociedade
digital. Um deles são as metodologias ágeis, uma série de práticas codificadas no manifesto ágil de
2001, que desburocratizam o processo criativo e introduzem forças tarefas pequenas e altamente
responsivas no desenvolvimento. Através de uma pesquisa bibliográfica sobre o caráter e
implantação de tais inovações organizacionais, este artigo buscou avaliar as implicações de
tentativas de revitalizar o primeiro setor pelo seu uso. Verificou-se um alto potencial para, uma vez
vencidas as resistências estruturais, obter uma “lubrificação” das fricções típicas do engessamento
de uma estrutura burocrática em fase de declínio, aliviando sua lentidão e irresponsividade.
Palavras Chave: tecnologia; inovações; implantação

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.