INOVAÇÃO SOCIAL: AS FACES DA CRIATIVIDADE A FAVOR DO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Terceiro Setor e Responsabilidade Social

Acessos neste artigo: 321


Certificado de participação:
Certificado de Luana Cervinski

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Luana Cervinski , Suelen Lazaretti , Richard Perassi Luiz De Sousa , Francisco Pereira Fialho , Tarcísio Vanzin , Vania Ribas Ulbricht , Carlos Henrique Berg

ABSTRACT
Devido a problemas mundiais que perpassam pela miséria, desemprego, degradação do meio ambiente, epidemias, exclusão social entre outras problemáticas, e que acabam afetando o bem-estar das pessoas, a inovação social aliada a criatividade pode mudar a perspectiva de vida nessas comunidades. Assim, este estudo se orienta a partir da pergunta de pesquisa: como a criatividade é utilizada nas inovações sociais voltadas ao desenvolvimento sustentável? E para auxiliar na resposta desta pergunta, colocou-se como objetivo, discutir de que forma a criatividade contribui nos processos de inovações sociais com intuito de contribuir para um desenvolvimento sustentável. Como metodologia fez-se uma revisão narrativa e apresentação de cases de Impacto Social a nível mundial, nacional e local. Percebeu-se, ao finalizar o trabalho que deve ser levado em consideração, o contexto social para que essas inovações sejam aplicadas, e ao se pensar de forma criativa é o início para que as fissuras sociais diminuam e assim se possa conduzir novas mudanças em diversas dimensões.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Wallacy Da Silva Costa 30-11-2022 22:45:27

Excelente trabalho! Queria parabenizar os autores pela iniciativa de abordar uma temática tão importante na sociedade atual, visto que cada vez o meio ambiente tem sofrido impactos pelas diversas atividades urbano-industriais. Pondero que seja extremamente relevante trazer a sustentabilidade para as ações do terceiro setor, visto que é responsabilidade dos órgãos sociais incentivar o progresso consciente, gerando maior bem-estar a população e possibilitando as gerações ulteriores a oportunidade de usufruírem de um mundo melhor. Assim sendo, debater os direitos básicos (expressados na declaração universal dos direitos humanos), atrelados a políticas sustentáveis, é o primeiro passo para se implantar as inovações criativas elencadas no referente artigo.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.