artigos
Convibra Conference - A GESTÃO AMBIENTAL NA CIDADE DE PELOTAS/RS – RISCOS E PROBLEMAS DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NOS ÚLTIMOS 10 ANOS
A GESTÃO AMBIENTAL NA CIDADE DE PELOTAS/RS – RISCOS E PROBLEMAS DOS RESÍDUOS SÓLIDOS NOS ÚLTIMOS 10 ANOS

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Ambiental

Temas Correlatos: Administração Ambiental;

Acessos neste artigo: 33


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Patrícia Pires Da Silva , Maria Da Graça Saraiva Nogueira

ABSTRACT
A gestão ambiental das cidades é fundamental para a gestão ambiental mundial. O correto descarte do lixo é um dos principais problemas ambientais e de saúde pública. Este estudo tem como objetivo principal fazer um levantamento sobre a gestão dos resíduos sólidos da cidade de Pelotas, RS, nos últimos dez anos, atualizando dados de um estudo anterior sobre o mesmo tema. Essa atualização se deu através de entrevista com o diretor do departamento de resíduos sólidos do SANEP (Serviço Autônomo de Saneamento de Pelotas), Engenheiro Edson Plá, o mesmo entrevistado do estudo de Nogueira, Kautzmann e Casalinho (2009). O resultado da atualização indica que Pelotas é referência na coleta dos resíduos sólidos, tanto do lixo orgânico como do lixo reciclável. Nos últimos dez anos novos projetos foram implementados com sucesso, como o aterro de Candiota, que recebe o transbordo de Pelotas, a usina de processamento de óleo saturado, que está utilizando óleo para produção de sabões que são doados para instituições municipais e de saúde, além do seu excedente ser vendido para os estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo, o projeto plástico zero, com a distribuição de ecobags nas feiras de Pelotas e a usina de processamento de plástico que, mesmo devagar, devido a sua complexidade, tem data inicial entre 2021 e 2022. O projeto da usina de compostagem não foi efetivado, principalmente, em função da não separação do lixo orgânico (nem todo material orgânico vai para a compostagem). A participação da sociedade como um todo é fundamental para a gestão ambiental de uma cidade. Não podemos, apenas, cobrar dos órgãos públicos, cada um precisa fazer a sua parte.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.