artigos
Convibra Conference - O CONHECIMENTO DO EDUCADOR ENFERMEIRO SOBRE VIOLÊNCIA SEXUAL INFANTIL
O CONHECIMENTO DO EDUCADOR ENFERMEIRO SOBRE VIOLÊNCIA SEXUAL INFANTIL

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Saúde do Adulto e Idoso

Temas Correlatos: Educação Física, Nutrição, Fisioterapia e áreas afins na Gestão, Educação e Promoção da Saúde;

Acessos neste artigo: 10


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Juliana Fernandes Rodrigues Da Silva Silva

ABSTRACT
Introdução: O abuso sexual contra crianças e adolescentes têm sido considerados um grande problema de saúde pública, devido aos altos índices de incidência e as sérias consequencias para o desenvolvimento cognitivo, afetivo e social da vítima e da sua família. O abuso sexual se define como a participação de uma criança ou de um adolescente menor em atividades sexuais, as quais não são capazes de compreender, que são inapropriadas à sua idade e seu desenvolvimento psicossocial, que sofrem por sedução ou força, e que transgridem os tabus sociais Objetivo: Este estudo tem por objetivo promover uma reflexão teórica sobre a importância do conhecimento do enfermeiro em relação à violência sexual infantil para uma abordagem educativa. Metodologia: Trata-se de uma revisão sistemática de literatura constituída por periódico de enfermagem. Através do presente estudo foram encontrados vinte e um artigos que contemplam o objetivo do estudo. Assim, esta monografia dividiu-se em três capítulos: o primeiro, introdução intitulada a revisão de literatura. O segundo capítulo aborda o desenvolvimento e no último apresentam-se as conclusões obtidas com a realização da monografia. Resultado: Embora a violência sexual infantil exista há muito tempo, nos últimos anos vem ganhando contornos mais nítidos na área da saúde, porém pouco estudado e discutido no contexto da enfermagem. Conclusão: A violência sexual contra crianças é um problema de saúde pública, caracterizado por uma dinâmica complexa, que envolve aspectos psicológicos, sociais e legais, exigindo a intervenção coordenada de diferentes instituições. Este estudo traz informações e reflexões sobre violência sexual infantil aos enfermeiros. Acredita-se que este estudo é de relevância, pois oferece uma maior compreensão das características da violência sexual no universo da enfermagem, e serve de instrumento aos profissionais de saúde e da educação para aprenderem sobre suas características e formas de prevenir e combater o seu aparecimento.

Palavras-Chave: Violência sexual infantil; Enfermagem; Educação.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.