artigos
Convibra Conference - Efeitos de Diferentes Doses de Inoculação e Coinoculação na Cultura do Feijão
Efeitos de Diferentes Doses de Inoculação e Coinoculação na Cultura do Feijão

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Temas Correlatos: Microbiologia;

Acessos neste artigo: 6


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Laís Andolfatto , Alex Junior Rodrigues , Mateus Rissi , Jaqueline Gaio Spricigo , Mauricio Vicente Alves , Cristiano Nunes Nesi

ABSTRACT
A cultura do feijão é de grande importância na mesa do consumidor e na geração de emprego
na cadeia produtiva. O feijão não tem grandes produtividades no Brasil quando comparado com
Myanmar e Índia. Um dos maiores problemas encontrados que limita ter as almejadas altas na
produção é a fertilidade, e em especial o nitrogênio (N). Neste sentido, esse trabalho teve o
objetivo de avaliar o efeito de diferentes doses de inoculação e co-inoculação sobre o feijoeiro.
O experimento foi realizado na cidade de Entre Rios- SC, no Sítio Rissi. O delineamento usado
foi inteiramente casualizado, com 12 diferentes tratamentos, mudando as dosagens (mL) de R.
tropici e A. brasilense, respectivamente: 0-0; 0-100; 150-0; 150-100; 187,5-0; 187,5-100; 225-
0; 225-100; 262,5-0; 262,5-100; 300-0; 300-100 com 3 repetições cada tratamento. As variáveis
analisadas foram produtividade, peso de mil sementes, vagens por planta, número de grãos por
vagem. Para produtividade, ocorreu diferença significativa e os melhores tratamentos foram 0-
100, 187,5-0, 225-0, 262,5-0 e 300-0. Para vagens por planta não ocorreu diferença significativa
e para a média de grãos por vagem, ocorreu diferença significativa para 7 grãos por vagem,
sendo que a não utilização de bactérias manteve uma das melhores médias junto ao tratamento
225-0. Para peso de mil sementes, ocorreu diferença significativa. Os melhores tratamentos
foram: 0-0, 225-0, 187,5-100 e 225-100. Recomenda a utilização de R. tropici solteiro ou
inoculado com A. brasilense na concentração de 187,5-100.
Palavras-Chave: Bactérias fixadoras de nitrogênio, Phaseolus vulgaris, Feijoeiro, Simbiose,
FBN, R. trop, A. brasilense.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Denice De Oliveira Almeida 10-06-2022 13:05:02

Parabéns pelo trabalho!!! Muito interessante, sugiro para próximos estudos a coinoculação tripla...

Foto do Usuário Gabriella Correia Gomes 13-06-2022 12:37:53

Parabéns aos autores pelo excelente trabalho! O trabalho desenvolvido é muito relevante em razão de promover a sustentabilidade dos sistemas agrícolas.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.