artigos
Convibra Conference - Resistência a Doenças em Híbridos de Morangueiro Selecionados Para Condições Subtropicais
Resistência a Doenças em Híbridos de Morangueiro Selecionados Para Condições Subtropicais

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Horticultura

Temas Correlatos: Genética;

Acessos neste artigo: 7


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Daniel Suek Zanin , Juliano Tadeu Vilela De Resende , Rafaela Rodrigues Pinheiro , Nadiny Santos Muniz , Laura Souza Santos

ABSTRACT
No desenvolvimento da cadeia produtiva do cultivo de morangos, é imprescindível dispor de genótipos plenamente adaptados ao local de produção. Neste sentido, a resistência a doenças constitui um dos fatores de adaptação mais importantes. O objetivo deste trabalho foi obter, avaliar e selecionar novos híbridos de morangueiro, visando a resistência à antracnose, oídio, e às manchas de micosferela e diplocarpon. Para tanto, foram avaliados 755 híbridos F1 experimentais de morangueiro, em sistema de cultivo no solo, em casa-de-vegetação, com cada híbrido sendo constituído por uma planta, e tendo as cultivares comerciais ‘Albion’, ‘San Andreas’ e ‘Fronteras’ com padrões de comparação. As doenças foram avaliadas visualmente, durante o ciclo produtivo, por meio de escala de notas, totalizando onze avaliações. Ao término do período de avaliações, foram estimados os parâmetros incidência e severidade das doenças avaliadas. Os genótipos 38.1, 38.8 e 20.42 obtiveram destaque, por não terem apresentado nenhum dano ocasionado por quaisquer das doenças avaliadas. Nos híbridos 38.5, 34.29, 34.34, 42.8 e 20.46 também se observou um bom desempenho, sendo que com estes genótipos todos os valores médios de AACPD se situaram abaixo de 10-2, para todas as doenças avaliadas. Foi possível concluir que a população em estudo contém híbridos promissores para resistência às principais doenças da cultura do morangueiro.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Anne Chi Lin Sun 18-06-2022 11:08:15

Interessante trabalho, parabéns! Com os híbridos resultantes do trabalho, qual seria a próxima etapa de desenvolvimento? Seria possível a produção em massa dessas sementes para no futuro ser comercial?

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.