artigos
Convibra Conference - INDICADORES FITOTÉCNICOS DA INOCULAÇÃO DE MICRORGANISMOS E REMINERALIZADOR EM SEMENTES DE SOJA E DA UTILIZAÇÃO DE PÓ DE ROCHA NO SOLO
INDICADORES FITOTÉCNICOS DA INOCULAÇÃO DE MICRORGANISMOS E REMINERALIZADOR EM SEMENTES DE SOJA E DA UTILIZAÇÃO DE PÓ DE ROCHA NO SOLO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Microbiologia

Temas Correlatos: Microbiologia;

Acessos neste artigo: 2


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Gustavo Henrique Andrade Quintino , Gabriel De Souza Lopes , Patrícia Helena De Azevedo , Virgínia Helena De Azevedo , Daniela Tiago Da Silva Campos

ABSTRACT
O objetivo deste trabalho foi avaliar, em casa de vegetação, o efeito da aplicação de pó de rocha em combinação com microrganismos no desenvolvimento da soja até os 45 dias após a germinação. Utilizou-se um Latossolo Vermelho Amarelo eutrófico e soja da cultivar intacta RR2 PRO. O primeiro tratamento consistiu em sementes apenas com o tratamento químico, o segundo com Bradyrhizobium japonicum (BJ) e Azospirillum brasilense (AB), o terceiro com BJ, AB, Bacillus Methylotrophicus e MagmaHume e o quarto com BJ, AB e Bacillus Methylotrophicus. As plantas foram colhidas 45 dias após a germinação. Foram feitas análises fitotécnicas como altura, estádio vegetativo, índice de área foliar, biomassa fresca da planta e raiz e biomassa seca da planta e raiz. Os resultados indicaram não haver diferenças significativas entre os tratamentos em nenhuma característica fitotécnica. 

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.