artigos
Convibra Conference - ADUBAÇÃO E DIFERENTES RECIPIENTES NO CRESCIMENTO INICIAL DE MUDAS DE Sapindus saponaria.
ADUBAÇÃO E DIFERENTES RECIPIENTES NO CRESCIMENTO INICIAL DE MUDAS DE Sapindus saponaria.

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Temas Correlatos: Ciências do solo;

Acessos neste artigo: 5


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Fernanda Macedo Ferreira , Gabriel Vinicius Batista Da Silva , Daniela Soares Alves Caldeira , Marcella Karoline Cardoso Vilarinho

ABSTRACT
A demanda por mudas florestais de espécies nativas tem aumentado nos últimos anos, haja vista à necessidade de recuperação de áreas degradadas. Tendo em vista o desafio, o desconhecimento das técnicas adequadas para a produção dessas espécies pode gerar falhas no processo produtivo, logo na qualidade das mudas e comprometer seu estabelecimento após o plantio definitivo. À vista disso, o objetivo do trabalho foi avaliar o crescimento inicial de mudas de Sapindus saponaria produzidas em diferentes recipientes e duas condições de adubação. Para tanto, utilizou-se o delineamento experimental blocos casualizados em esquema fatorial 3x2, sendo três recipientes com diferentes dimensões (Saqui A: 15 x 21,5 cm, Saqui B: 18 x 27 cm e tubete), e duas condições de adubação, (com e sem). Os recipientes foram preenchidos com terra de subsuperfície onde foi realizada a semeadura direta. Posteriormente, o crescimento das mudas foi analisado aos 60 e 75 dias após a semeadura, avaliando a altura de parte aérea, número de folhas, diâmetro de colo e a robustez das mudas. Os coletados dados foram submetidos à análise de variância, as médias comparadas pelo teste de Tukey (? ? 0,05). A partir disso, constatou-se que o tubete, limitou o crescimento inicial das mudas, sendo este não recomendado para produção da espécie. Sendo o saco de polietileno 15 x 21,5 cm o recomendado para a produção de mudas de Sapindus saponaria. Já a dose de fertilizante utilizada não promoveu incrementos ao crescimento das mudas. 

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.