artigos
Convibra Conference - Massa Seca de Plantas Manjericão Roxo Submetidas a Proporções de Húmus de Minhoca
Massa Seca de Plantas Manjericão Roxo Submetidas a Proporções de Húmus de Minhoca

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Horticultura

Temas Correlatos: Agricultura;

Acessos neste artigo: 6


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Aglair Alves , Fabio Nascimento De Jeusus , Aline Dos Anjos Souza , Felizarda Bebe Viana , Anacleto Ranulfo Dos Santos , Girlene Santos De Souza

ABSTRACT
A minhocultura ou vermicompostagem consiste em um processo de aproveitamento de resíduos orgânicos pela criação de minhocas com o intuito de produzir húmus, este vem se destacando como insumo natural, de baixo custo, sendo uma técnica simples de produção e utilização acessível às condições técnicas e econômica dos pequenos de produtores, além de possuir teores de nutrientes bastante elevados que resultam em produções satisfatórias. Diante disso, o estudo objetivou avaliar a massa seca, de plantas de manjericão (Ocimum sp) produzidas em diferentes proporções de húmus de minhoca. Para tanto, plantas foram produzidas a partir de sementes, utilizando-se como substrato areia lavada + composto orgânico na proporção 2:1. Após os 15 dias as mudas foram transplantadas para vasos de polietileno, contendo como substrato solo + areia lavada na proporção 2:1 e as quantidades de húmus de minhoca (0, 5, 10, 15 e 20%) constituindo os tratamentos, sendo dispostos em delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC) com 5 repetições. Após 45 dias foram avaliados os parâmetros: matéria seca da folha, massa seca da haste, massa seca da parte aérea, massa de matéria seca da raiz e massa seca total. Os resultados mostraram que aplicação de húmus não exerce influência sobre as variáveis, massa seca raiz e que as proporções de 15 % e 20 % de húmus de minhoca em plantas de manjericão roxo apresenta efeito negativo sobre todos os parâmetros avaliados. 

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.