artigos
Convibra Conference - Índice de Severidade de Seca de Palmer Modificado-RS Para a Mesoregião Sudoeste do Estado do RS
Índice de Severidade de Seca de Palmer Modificado-RS Para a Mesoregião Sudoeste do Estado do RS

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Temas Correlatos: Ciências do solo;

Acessos neste artigo: 27


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Suélen Cristiane Riemer Da Silveira , Eduardo Lopes Guidotti , Claudia Fernanda Almeida Teixeira-Gandra , Rita De Cássia Fraga Damé

ABSTRACT
O estado do Rio Grande do Sul tem sido afetado pela queda da produtividade de suas principais 
culturas, em decorrência de eventos de seca. Os impactos da seca têm influência direta nas 
atividades agrícolas e econômicas do Estado, refletindo-se na baixa disponibilidade de umidade 
no solo, o que torna o suprimento de água às culturas insuficiente para repor as perdas. Alguns 
índices de seca possibilitam quantificar e classificar este fenômeno quanto sua intensidade e 
severidade. Nesse sentido, o Índice de Severidade de Seca de Palmer modificado para as 
condições climáticas do Rio Grande do Sul (PDSI-RS), possibilita a identificação e 
classificação da seca em escala mensal, estabelecendo um panorama com relação ao 
comportamento de eventos extremos na região de estudo. Objetivou-se calcular o índice PDSIRS e classificá-lo de acordo com as classes de seca severa e extrema. Foram utilizados os dados 
das variáveis climáticas como precipitação, temperatura, radiação solar, umidade relativa do ar 
e velocidade do vento, para a mesorregião sudoeste, para o período de 1980 a 2013. Para o 
cálculo do índice PDSI-RS foram utilizadas equações do balanço hídrico climatológico, 
evapotranspiração de referência pelo método de Penman-Monteith (FAO) e valores de 
Capacidade de Água Disponível de 50, 75 e 100 mm. O PDSI-RS apresentou períodos de seca 
classificados como severa e extrema, com ocorrência nos meses de novembro a janeiro. O 
referido índice possibilitou obter os períodos de seca de forma mais realista para a região, 
possibilitando o monitoramento desses eventos, com consequente diminuição de seus impactos 
na agricultura.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Cristina Pandolfo 20-06-2022 10:06:57

Trabalho bem escrito e focado no objetivo proposto. Parabéns.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.