artigos
Convibra Conference - A IMPORTÂNCIA DOS ESTUDOS QUALITATIVOS ACERCA DA SÍNDROME DE BURNOUT NOS BANCÁRIOS: UMA REVISÃO DE LITERATURA
A IMPORTÂNCIA DOS ESTUDOS QUALITATIVOS ACERCA DA SÍNDROME DE BURNOUT NOS BANCÁRIOS: UMA REVISÃO DE LITERATURA

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Teoria das Organizações

Temas Correlatos: Ensino e Pesquisa em Administração;

Acessos neste artigo: 75


Certificado de publicação:
Certificado de Rayssa Cleide De Oliveira

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Rayssa Cleide De Oliveira , Andreza Rodrigues De Araujo , Agostinha Mafalda Barra De Oliveira , Lilian Caporlingua Giesta Cabral

ABSTRACT
A síndrome de burnout vem sendo considerada como um problema de agravamento na vida de vários profissionais, que lidam diretamente com pessoas, tendo em vista suas consequências à saúde física e mental destes indivíduos. O presente estudo tem como objetivo geral, apresentar as contribuições das pesquisas qualitativas no desenvolvimento de estudos sobre a temática da síndrome de burnout nos bancários. Usou-se uma abordagem qualitativa, através de uma pesquisa bibliográfica. A coleta de dados se deu a partir da busca de artigos publicados no Google Acadêmico e nos Periódicos Capes. Foram selecionados 25 artigos qualitativos que utilizaram a síndrome de burnout especificamente no setor bancário. O recorte cronológico escolhido estendeu-se de 2011 a 2021. Após análise, foi possível identificar como a abordagem qualitativa traz um detalhamento a mais sobre o tema em questão, e identificando como a síndrome de burnout se desenvolve cada vez mais em bancários, levando-os ao desgaste físico e metal, além das más condições vividas no ambiente de trabalho destes profissionais.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Fernando Rufino De Barros 09-11-2022 22:52:01

Essa temática no setor bancária é muito importante tendo em vista a característica da atividade. Seria interessante estender a pesquisa com uma aplicação de questionário para avaliar fatores que podem atuar como agravantes da síndrome de burnout ou até mesmo como inibidores.

Tema atual, relevante, interessante! Muito bom! Recomendo.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.