artigos
Convibra Conference - Uso de Extratos Vegetais e Manipueira no Controle de Meloidogyne Javanica em Jiloeiro (Solanum Gilo)
Uso de Extratos Vegetais e Manipueira no Controle de Meloidogyne Javanica em Jiloeiro (Solanum Gilo)

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Fitopatologia

Temas Correlatos: Fitopatologia;

Acessos neste artigo: 9


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Nathália Nascimento Guimarães , Lara Nascimento Guimarães , Rodrigo Vieira Da Silva , Henry Leonel Bueso Castro , Natália Costa , Janaína Piza Ferreira

ABSTRACT
A meloidoginose é uma das principais doenças da cultura do jiloeiro que causam     redução significativa na produtividade. Portanto, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de extratos vegetais e da manipueira no controle de Meloidogyne javanica em jiloeiro. O experimento foi conduzido em condições de casa de vegetação. Foram aplicados os seguintes tratamentos: 1) controle (50 mL de água destilada), 2) extrato vegetal de capim-limão (ECL 50 mL, 0,3 g.mL-1), 3) manipueira (RMA 50 mL, 0,3 g.mL-1), 4) extrato vegetal de erva-de-santa-maria (EESM 50 mL, 0,3 g.mL-1), 5) extrato vegetal de mamona (EM 50 mL, 0,3 g.mL-1). Após 60 dias da inoculação, avaliaram-se as variáveis vegetativas: altura de planta (ALT), massa da matéria fresca de parte aérea (MFPA) e de raízes (MFR), massa da matéria seca de parte aérea (MSPA) e nematológicas: índice de galhas (IG) e número de ovos (NO). Não houve diferença estatística para ALT, MFPA, MFR e MSPA. No entanto, em relação a reprodução de M. javanica, o EESM (NO = 59.040 ovos) reduziu em 57,51% o NO do nematoide em relação ao tratamento controle (138.960 ovos). O ECL (NO = 71.725) com 48,38%, RMA (NO = 70.697) com 49,12% e EM (NO = 85.440) com 38,51% foram estatisticamente iguais. Conclui-se que o EESM foi o mais eficiente em reduzir a população de M. javanica, de modo que apresenta o potencial de ser utilizado como uma alternativa de controle deste nematoide.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Pesquisa excelente! Parabéns aos autores. Seria interessante além do teste com os extratos, realizar também teste com os óleos essenciais das plantas utilizadas na pesquisa, se tem eficácia no controle.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.