artigos
Convibra Conference - A IMPLEMENTAÇÃO DOS CENTROS DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL E AS INTERNAÇÕES PSIQUIÁTRICAS HOSPITALARES NAS REGIÕES BRASILEIRAS: UM ESTUDO HISTÓRICO
A IMPLEMENTAÇÃO DOS CENTROS DE ATENÇÃO PSICOSSOCIAL E AS INTERNAÇÕES PSIQUIÁTRICAS HOSPITALARES NAS REGIÕES BRASILEIRAS: UM ESTUDO HISTÓRICO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Administração Pública

Temas Correlatos: Administração da Informação;

Acessos neste artigo: 78


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Ana Carolina Hornos Carneiro , Rita De Cassia Nugem

ABSTRACT
Os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) são serviços comunitários estratégicos que atendem pessoas portadoras de transtornos mentais graves e persistentes, de acordo com a Política Nacional de Saúde Mental. Surgiram oficialmente através do movimento da Reforma Psiquiátrica, com vistas à desinstitucionalização e ao cuidado em saúde mental em meio aberto. Objetivo: Comparar a quantidade de internações psiquiátricas hospitalares com os atendimentos realizados em CAPS nas regiões brasileiras, antes e após a Lei da Reforma Psiquiátrica (2001). Método: O estudo foi desenvolvido através da coleta de dados de dois sítios: Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) e Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde do Brasil (DATASUS). Resultados: a Pesquisa demonstrou queda no número de internações psiquiátricas à medida em que os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) foram sendo implementados, ofertando uma diversidade de atendimentos à população brasileira. Conclusão: a implementação dos Centros, através da oferta de múltiplos atendimentos e, inseridos em uma Rede de Atenção Psicossocial, produz impacto no número de internações psiquiátricas, garantindo o cuidado em meio aberto. Entretanto, ainda existem dificuldades e desafios em relação à plena implementação da Política. Destaca-se a ampliação dos serviços, melhorias no financiamento em relação à saúde mental, qualidade das informações produzidas, entre outros.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Joivan Do Valle Araujo 13-11-2022 19:09:47

A temática que engloba o trato das psicopatologias é de suma importância nos dias de hoje. É necessário, acima de tudo, comparar o antes e depois da implementação da Lei da Reforma Psiquiátrica, já que é necessário mostrar com evidências concretas a importância dessas ações, afim de se evitar retrocessos na sociedade, o que esse artigo faz de forma precisa. Fora a importância dita anteriormente, é mostrada também as dificuldades de aplicações dos serviços a quem necessita desse amparo, o que, novamente, o artigo aponta de forma direta.

Foto do Usuário Joselia Rita Da Silva 25-11-2022 11:07:49

Artigo bem estruturado, articulado e redigido. Apresenta de forma didática a temática, sua evolução e desafios. A metodologia é bem clara e permite compreender a construção dos resultados. Parabéns pelo trabalho.

Foto do Usuário Cassandra De Oliveira 02-12-2022 16:22:10

Parabéns às autoras pelo trabalho. A reversão da lógica manicomial permanece sendo uma temática de relevância, apesar das normativas advindas com a reforma psiquiátrica. Ainda persiste no imaginário coletivo a ideia do isolar uma pessoa com transtorno, ao invés de integrá-la à sociedade por meio de tratamento. A saúde mental demanda olhar do poder público e investimento de recursos para se tornar cada vez mais efetiva enquanto política pública.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.