artigos
Convibra Conference - Produção de Biomassa de Guaco Cultivado em Diferentes Ambientes Por Três Anos
Produção de Biomassa de Guaco Cultivado em Diferentes Ambientes Por Três Anos

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agricultura

Temas Correlatos: Agricultura;

Acessos neste artigo: 11


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Alessandro Borini Lone , André Boldrin Beltrame

ABSTRACT
O guaco (Mikania glomerata) é uma planta medicinal muito utilizada na fabricação de xaropes e chás para o tratamento de problemas respiratórios. O objetivo do trabalho foi avaliar a produção de biomassa de guaco cultivado em dois ambientes (fragmento de mata e bananal) durante três anos. As áreas de plantio foram uma área de fragmento de mata de reconstituição natural e um bananal experimental. As colheitas e avaliações foram realizadas após 12, 24 e 36 meses do plantio, em fevereiro dos anos de 2020, 2021 e 2022. Foram avaliadas as massas frescas e secas de folhas e caules por planta e por hectare e as porcentagens de massa seca. Os resultados mostraram que o guaco cultivado na entre linha das bananeiras apresentaram maiores massas frescas e secas por planta e por hectare em comparação ao cultivado na mata. A maior produção de massas frescas e secas, de caules e folhas, por planta e por hectare ocorreu no segundo ano de cultivo, vindo a reduzir no terceiro ano. Concluiu-se que guaco cultivado em bananal apresentou maior produção de biomassa em relação ao cultivado em fragmento de mata, com maior produção no segundo ano de cultivo.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Gildeon Santos Brito 31-05-2022 10:58:29

Olá, tudo bem? Em se tratando do desenvolvimento de cadeia produtiva para o estímulo ao cultivo do guaco por pequenos produtores, vocês não acham os períodos analisados muitos prolongados?? Eu me refiro a dificuldade que há em termos produtores cultivando esses tipos de plantas, então possivelmente, estes teriam um certo receio de investir em tal cultura. Parabéns pelo trabalho!

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.