artigos
Convibra Conference - TAXA DE ACÚMULO DE BIOMASSA NA PRODUÇÃO DE BROTOS DE CINCO ESPÉCIES VEGETAIS
TAXA DE ACÚMULO DE BIOMASSA NA PRODUÇÃO DE BROTOS DE CINCO ESPÉCIES VEGETAIS

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Horticultura

Temas Correlatos: Sustentabilidade ambiental;

Acessos neste artigo: 1


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Henrique Guilhon De Castro , Larissa Marcia Zambom Bertoli De Carvalho , Isabela Rocha Botelho , Thais De Paula Lopes , Gabriel Gonçalves Di Giuseppe Estanislau

ABSTRACT
Este estudo teve por objetivo estudar a taxa de acúmulo de biomassa na produção de brotos de cinco espécies em cinco épocas de coleta de dados: alfafa, feno-grego, feijão moyashi, feijão azuki e lentilha. Nas espécies alfafa e trevo foi utilizado o método na presença de luz e o método na ausência de luz foi utilizado nas espécies feijão moyashi, feijão azuki e lentilha. Na presença de luz para a germinação das sementes foi feita a imersão das sementes em água, utilizando vidros de 500 mL por um período de 8 horas. Após a germinação das sementes as sementes germinadas foram transferidas para a bandeja plástica onde foi realizada diariamente a irrigação dos brotos duas vezes por dia. No método ausência de luz foi utilizado vidro com capacidade de 1 L para germinação e crescimento dos brotos. A irrigação dos brotos foi feita por meio da imersão dos brotos em água (uma vez por dia). Para a germinação das sementes foi feita a imersão das sementes em água por um período de 12 horas. As avaliações foram realizadas em intervalos regulares de vinte e quatro horas (cinco épocas de coleta de dados). Verificou-se que a alfafa teve a maior taxa de acúmulo de biomassa, 53,05 gramas/ dia. A lentilha apresentou a menor taxa de acúmulo de biomassa, 13,25 gramas/dia. A prática de produção de brotos é uma alternativa viável para atender a população com o fornecimento de alimentos de alto valor nutricional e de baixo custo de produção.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.