artigos
Convibra Conference - Estimativa da Evapotranspiração Decendial Provável de Chapecó -Sc
Estimativa da Evapotranspiração Decendial Provável de Chapecó -Sc

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agrometeorologia

Temas Correlatos: Agrometeorologia;

Acessos neste artigo: 115


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Álvaro José Back

ABSTRACT
A evapotranspiração de referência é uma informação importante para a determinação das demandas hídricas das culturas e para o dimensionamento de sistemas de irrigação. Nos projetos de irrigação há necessidade de estimar a evapotranspiração associada a probabilidade e ocorrência.  Este trabalho tevê como objetivo determinar a evapotranspiração decendial provável para a região de Chapecó, visando subsidiar o dimensionamento de sistemas de irrigação. Foram usados dados diários da estação meteorológica de Chapecó (SC) referente ao período de 1976 a 2016. Foi calculada a evapotranspiração diária pelo método de Penman-Monteith, e os valores foram agrupados em intervalos decendiais. Foram ajustadas as distribuições de probabilidade Normal, Log-Normal, Gama e Beta. Embora nenhuma distribuição tenha sido rejeitada pelo teste de Kolmogorov-Smirnov ao nível de significância de 5 %, a distribuição Log-Normal apresentou melhor desempenho considerando os índices de erro máximo, erro médio, erro padrão de estimativa e coeficiente de determinação. Foram determinadas os valores de ETo para diversos níveis de probabilidade. A evapotranspiração de referência com 75% de probabilidade apresenta valores variando de 8 a 20% superiores aos valores de ETo com 50% de probabilidade.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Aline Aparecida Dos Santos 30-05-2022 12:24:46

O trabalho está bem desenvolvido. Contudo, o autor cita evapotranspiração no titilo e refere-se no texto a evapotranspiração de referência. Pelo que vi, utilizou a equação d FAO-PM, que trata da evapotranspiração de referência. Diante disso seria necessário verificar tanto no título quanto ao longo do texto essa nomenclatura, creio que Evapotranspiração de referência decendial , seria o adequado. Evapotranspiração (ET) é o resultado da soma entre evaporação vinda do solo com a transpiração vinda das plantas. Medida por métodos diretos, lisímetros ou evapotranspirômetros. Evapotranspiração de referência (ETo) é a evapotranspiração estimada a partir de uma cultura hipotética de referência (grama, que representa plantas de porte baixo (12cm), ou alfafa para plantas de maior porte(50 cm)), estima-se por meio de métodos indiretos (equações). Vejam que algumas vezes foi escrito ET0 (com o número zero) outras ETo (com a lera ''o'' minúsculo), seria bom manter ETo (com a letra), pois é o utilizado nos artigos publicados. ---Outro aspecto é o resumo, corrigir isso: ''...Este trabalho teve como objetivo Este trabalho tevê como objetivo determinar a evapotranspiração decendial... '' ---Eliminem as partes repetidas e ver a questão da nomenclatura (Evapotranspiração de referência decendial --- Tudo isso pode ser modificado e os autores poderão ir em ''substituir arquivo'' e trocar lá após ajuste.

Foto do Usuário Jorge Luiz Moretti De Souza 05-06-2022 13:34:32

O tema do trabalho é importante para área de planejamento da engenharia de água e solo. O Resumo Expandido está bem estruturado e organizado, mas precisa da correção de alguns detalhes: a) Fazer uma verificação da escrita, pois existem termos repetidos (Ex.: Este trabalho teve como objetivo) e palavras de grafia errada (Ex.: valões; valore; probabilidade..; outros); b) O trecho “... visando subsidiar o dimensionamento de sistemas de irrigação. ...” poderia sair do objetivo do trabalho, pois os valores prováveis servem para inúmeras finalidades, e no Resumo Expandido não foi tratado nada sobre o dimensionamento da irrigação; c) Os Autores descrevem as funções Normal, Log-Normal, Gama e Beta como “distribuições de probabilidade”, quando na verdade são fundações densidade de probabilidade (fdp)”. Tecnicamente o mais correto seria trocar o termo em todo Resumo Expandido; d) Na Tabela 2, se os valores estão apresentados em mm/dia, não pode constar no título da tabela que são valores decendiais. Trata-se de Estatísticas Descritivas de valores médias de dez dias. Ou apresentar os valores decendiais mesmo; e) O mesmo comentário realizado para a Tabela 2 (Item d) serve para Tabela 5; f) Verificar a nomenclatura dada aos valores prováveis de ETo, para evitar confusão no momento de calcular o período de retorno. Veja consideração abaixo: - Se a intenção fosse calcular a precipitação provável à 75%, tem-se: P75% = Prob.(P75% ? P | Pi ? P75%) = 75%. Logo, o período de retorno T = 1 / 0,75 = 1,33. Que corresponde à precipitação que ocorre 1,3 anos a cada quatro anos. - Para a ETo, deve-se seguir o mesmo raciocínio. ETo25% = Prob(ETo25% ? ETo | EToi ? ETo25%) = 25%. Logo, o período de retorno T = 1 / 0,25 = 4. A ETo25% corresponde a um valor de ETo que ocorre uma vez à cada quatro anos. Por isso, considero que a nomenclatura de ETo provável utilizada no Resumo Expandido está trocada (equivocada). Esse é um erro muito comum em trabalhos que tratam do cálculo de valores prováveis, e se esquecem da definição do período de retorno. Obs.: As considerações realizadas foram no sentido de melhorar o resumo para ser enviado posteriormente para uma revista científica. Boas sorte nas atividades.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.