artigos
Convibra Conference - Eventos Extremos de Precipitação Entre 1960 – 2014 em Bom Jesus- Piauì, Brasil
Eventos Extremos de Precipitação Entre 1960 – 2014 em Bom Jesus- Piauì, Brasil

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Agrometeorologia

Temas Correlatos: Geotecnologia;

Acessos neste artigo: 7


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Wagner Rodolfo De Araújo , Raimundo Mainar De Medeiros , Manoel Vieira De França

ABSTRACT
           Eventos extremos de precipitação como as chuvas fortes e as secas prolongadas, estão associados a diversos desastres naturais. Analisaram-se as ocorrências dos eventos extremos de precipitação para o município de Bom Jesus - Piauí, no período 1960-2014, Os eventos extremos analisados foram os de maior intensidade de precipitação diária para os anos estudados. Verificou-se que Bom Jesus, não está estruturado para enfrentar eventos de grande magnitude deste seu processo de ocupação que diretamente estão ligados aos vales fluviais dos rios que cortam essa cidade, diante disso a população continua vulnerável a ocorrência de eventos pluviométricos extremos. Destaca-se a importância desse estudo pela possibilidade de gerar subsídios para criação de medidas mitigadoras para a área de estudo em relação a agropecuária e a população em geral. Não ocorreu uma relação direta entre a intensificação na precipitação e ocorrências com eventos ENOS. Destacando que em certo ano perceberam-se as influências do ENOS. Eventos extremos de precipitação foram mais evidentes entre os meses da estação chuvosa com 96,7% das ocorrências e apenas 3,3% foram observados na estação seca.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Aline Aparecida Dos Santos 30-05-2022 11:58:28

Trabalho bem escrito e estruturado. De grande importância dentro de sistemas hídricos e agricultura em geral, principalmente considerando eventos extremos pois são os pontos primordiais para redução de riscos frente aplicação de um bom planejamento agrícola. Contudo, nas normas deste congresso pede no máximo 10 páginas, seria adequado realizar uma redução para se adequar. Poderiam realizar uma redução na introdução, que ficou um pouco longa, assim como a Tabela 1, poderia ser descrita no texto, pois tem poucas informações, assim ocuparia menos espaço ainda. E aqui neste trecho creio que seja Figura 2, não Figura 1: ''...Notou-se também que não houve relação direta entre a intensificação na precipitação e ocorrências com eventos de ENOS (Figura 1).'' Parabéns pelo trabalho.

Foto do Usuário álvaro José Back 31-05-2022 10:42:07

Trabalho interessante e certamente contribui para o planejamento da região. Deixo com sugestão fazer o estudo de probabilidade de eventos de chuvas diárias máximas anuais, e aplicando os métodos de desagregação da chuva diária em chuva de menor duração os autores podem ajustar a equação de chuvas intensas para a região. Dessa forma contribuem ainda mais para as medidas de mitigação e dimensionamento de obras de drenagem superficial.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.