artigos
Convibra Conference - COMPOSTOS BIOATIVOS E ATIVIDADE ANTIOXIDANTE DO MEL DE Apis mellifera DO OESTE PARANAENSE
COMPOSTOS BIOATIVOS E ATIVIDADE ANTIOXIDANTE DO MEL DE Apis mellifera DO OESTE PARANAENSE

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Tecnologia de Alimentos

Temas Correlatos: Ciências animais / Zootecnia;

Acessos neste artigo: 1


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Lucas Luan Tonelli , Renato De Jesus Ribeiro , Regina Conceição Garcia , Larissa Paola Favreto , Paulo Henrique Amaral Araújo De Sousa

ABSTRACT
Sendo o principal alimento apícola conhecido mundialmente, o mel é considerado um alimento completo e um dos alimentos mais puros encontrados na natureza, tendo grande importância na manutenção do nosso organismo. O objetivo deste trabalho foi avaliar os compostos bioativos e atividade antioxidante, para caracterização da qualidade do mel de Apis mellifera de municípios do Oeste paranaense.  Foram analisadas 66 amostras de mel, no período de outubro de 2018 a agosto de 2019.  Foram analisados os compostos bioativos e atividade antioxidante, sendo observados valores médios de 16,34±7,41 mg.EAG.100 g-1 para Fenóis Totais, 21,35±9,63 mgEQ.100 g-1 para Flavonoides e 0,09±0,03 µmol ET. g-1 para atividade antioxidante (DPPH). Conclui-se que o mel da região Oeste paranaense possui semelhança em sua composição e características, ficando comprovada sua boa qualidade, também indicando a padronização pelos apicultores na produção deste alimento. Além disso, as amostras de mel analisados, apresentaram bom resultados para os teores de compostos bioativos.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.