artigos
Convibra Conference - Análise espacial das unidades de saúde no município de Florianópolis.
Análise espacial das unidades de saúde no município de Florianópolis.

DOCUMENTAÇÃO

Tema: ENGENHARIA/TECNOLOGIA/GESTÃO

Temas Correlatos: Equipamentos de Saúde;

Acessos neste artigo: 9


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Gabriel Guerra Guaragna

ABSTRACT
O presente estudo busca compreender a distribuição espacial das unidades de saúde primárias e secundárias do município de Florianópolis, Santa Catarina. O município conta com 61 unidades sendo estas consideradas as portas de entrada no serviço de saúde. Estas devem estar situadas perto de onde as pessoas vivem, trabalham e estudam (BRASIL, 2021), para tanto, as análises deste trabalho levaram em consideração os parâmetros referenciais definidos em Brasil (2017) onde afirma-se que a distância máxima caminhável de qualquer ponto da cidade até uma unidade de saúde deve ser de 2,4 km. A análise se deu através dos polígonos de voronoi, mapas de calor, análise de proximidade e isócronas de caminhabilidade. Observou-se maiores problemas no norte do munícipio e, sob a ótica da caminhabilidade, há sim brechas na distribuição da malha de saúde. 

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.