artigos
Convibra Conference - O Mal-estar do docente de língua inglesa: impasses e saídas
O Mal-estar do docente de língua inglesa: impasses e saídas

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Mal-estar contemporâneo e impasses na educação

Temas Correlatos: Mal-estar contemporâneo e impasses na educação;

Acessos neste artigo: 78


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Natália Costa Leite

ABSTRACT
O presente trabalho apresenta resultados de uma pesquisa que abordou o mal-estar docente de três professoras de língua inglesa em desvio de função no estado de Minas Gerais. São inúmeras as evidências que apontam que o mal-estar docente expõe, no campo da educação, algo que não vai bem. A pesquisa utilizou o método de pesquisa qualitativo de orientação clínica e buscou compreender, a partir da lógica do sintoma, a posição subjetiva do sujeito falante e suas formas de gozo como docentes de língua inglesa. Concluímos que as professoras encontraram no desvio de função uma saída perante o impossível de ensinar (língua inglesa) que as afligia. Inferimos que o enlace das professoras com a docência não tenha sido motivada pelo desejo de ensinar, mas por satisfações substitutivas que parecem ter pouco a ver com o desejo de ser professora de língua inglesa e com a transmissão do saber. Talvez possamos interrogar se a falta de questionamentos desses sujeitos sobre suas demandas profissionais assim como a falta de oportunidades de elaborações subjetivas sobre as situações angustiantes experimentadas não tenha concorrido para a quota de sofrimento psíquico que perpassou suas vidas durante esses anos de docência até a saída para o desvio de função.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.