artigos
Convibra Conference - Idosos com o Vírus da Imunodeficiência Humana: Um Estudo de Representações Sociais
Idosos com o Vírus da Imunodeficiência Humana: Um Estudo de Representações Sociais

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Saúde do Adulto e Idoso

Temas Correlatos: Saúde do Adulto e Idoso;

Acessos neste artigo: 106


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Kyra Vianna Alochio , Selma Petra Chaves Sá

ABSTRACT
O objeto estudado pela tese foi as representações sociais do HIV em idosos que convivem com HIV. Como objetivos geral e específicos: Analisar as representações sociais do HIV em idosos que convivem com HIV, desvelando suas repercussões para o contexto situacional de vida, de convívio social e de cuidados individuais de saúde; descrever as RS do HIV de idosos que convivem com HIV; discutir as repercussões que as representações do HIV trazem para a vida dos idosos; identificar as estratégias que os idosos utilizam para manterem sua saúde na convivência com o HIV. O estudo utilizou a abordagem qualitativa, descritiva-exploratória com o referencial Psicossocial da Teoria das Representações Sociais (TRS) (1-3). A coleta ocorreu nos serviços de atenção especializada às infecções sexualmente transmissíveis de Araruama e de Rio das Ostras, nos meses de maio a junho do ano de 2019, com 30 idosos vinculados a estes serviços, através da aplicação de entrevistas semiestruturadas. Os dados foram analisados através do programa lexical Alceste e interpretados à luz dos referenciais teóricos da abordagem Psicossocial da TRS. Conclui-se que há necessidade de uma maior constituição de espaço de trocas, voltados aos profissionais de saúde, a fim de vislumbrarem os idosos no cenário de vulnerabilidade às infecções sexualmente transmissíveis, assim como na observação de uma prática sensível do aconselhamento e no repasse do diagnóstico ao idoso HIV positivo. As vulnerabilidades psicológicas e sociais do idoso devem ser discutidas, uma vez que os mesmos estão sujeitos não somente às patologias específicas da senilidade, mas à exclusão, o abandono, ao isolamento, à discriminação, à pobreza, ao retardo do tratamento quando exposto ao HIV, dentre outros agravantes que podem incidir diretamente na diminuição de sua sobrevida e longevidade.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Sergio Andres Garcia Arenas 28-10-2021 13:28:13

Muy buen resumen.

Foto do Usuário Simone Santos Souza 05-11-2021 13:26:45

Trabalho de extrema relevância, escrito de forma concisa e coerente. O método escolhido responde muito bem ao objetivo do trabalho. Parabéns.

Foto do Usuário Kyra Vianna Alochio 06-11-2021 14:30:06

Agradeço as percepções dos colegas sobre o trabalho.

Foto do Usuário Lizandra Argona Pereira 09-11-2021 17:40:22

Excelente trabalho! visto que é um assunto pouco discutido mas de grande importância e relevância.

Foto do Usuário Railson Luis Dos Santos Silva 14-11-2021 20:19:27

Excelente! Muito importante voltar o olhar para a terceira idade, com isso cabe discutir o tema com maior frequência tanto para o público alvo quanto para a população geral. AIDS não é só uma doença que afetam os jovens.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.