artigos
Convibra Conference - Inibição e cansaço na sociedade do desempenho: a escuta de sintomas contemporâneos na formação de um educador-psicanalista
Inibição e cansaço na sociedade do desempenho: a escuta de sintomas contemporâneos na formação de um educador-psicanalista

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Mal-estar contemporâneo e impasses na educação

Temas Correlatos: Infância, juventude e clínica;

Acessos neste artigo: 12


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Marcelo Bafica Coelho , Marília Etienne Arreguy

ABSTRACT
O mal-estar apontado por Freud apresenta inserções diferentes conforme a época a ser analisada. Na contemporaneidade, vários autores procuram diagnosticar essas marcas. Segundo Chul Han, cada época traz uma enfermidade característica. Para ele, com a passagem da Sociedade de Controle (Deleuze) para a Sociedade de Desempenho, saímos do paradigma imunológico e entramos na massificação do positivo, em uma hiperatividade produtora de esgotamento. Tal processo se dá com o desenvolvimento de práticas do chamado psicopoder e que se intensificam em formas já não mais repressivas, porém que capturam o sujeito por seu gozo (Žižek). Lowen, destaca que fazemos parte de uma cultura narcísica, dirigida pelos ideais de performance e desempenho, na qual o poder se transforma no principal valor, reduzindo o prazer e o corpo a uma função secundária. Verztman [et al], por sua vez, apresentam como aspecto distintivo da atualidade o sentimento de vergonha, relacionando-o com manifestações sintomáticas de depressão, uma vez que a maioria não alcança as expectativas impostas numa sociedade narcísica e de espetáculo (Birman). Os autores parecem indicar que na atualidade há um comportamento e um ideário social que procura levar seus integrantes ao extremo das exigências. O campo educacional, infelizmente, pode ser apontado como um lócus intensificador desse processo. Com nosso Grupo Alteridade Psicanálise e Educação - GAP(E), temos estudado, através da interface entre psicanálise e Educação, vários aspectos desse mal-estar contemporâneo, sobretudo em situações de sofrimento psíquico exacerbado, ou até, extremo. Assim, em nosso projeto de extensão, Gato em Teto de Zinco Quente, trabalhamos com o acolhimento de pessoas da comunidade acadêmica em sofrimento psíquico. O intento do artigo será apresentar algumas reflexões oriundas desses estudos e dessas escutas, conjugando reflexões sobre as formas do psicopoder atual com um relato de experiência de formação para e escuta de um educador.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.