artigos
Convibra Conference - O Impacto da Pandemia de Covid-19 no Desempenho Econômico e Financeiro das Empresas do Agronegócio: Uma Análise de Empresas Listadas na B3.
O Impacto da Pandemia de Covid-19 no Desempenho Econômico e Financeiro das Empresas do Agronegócio: Uma Análise de Empresas Listadas na B3.

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Contabilidade

Temas Correlatos: Contabilidade;

Acessos neste artigo: 138


Certificado de participação:
Certificado de Brena Samara De Paula

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Crislayne Bruna Ferreira De Lima , Vitória Carvalho Gomes , Cassio Rodrigo Da Costa Almeida , Rosângela Queiroz Souza Valdevino , Adriana Martins De Oliveira , Brena Samara De Paula , Pablo Marlon Medeiros Da Silva

ABSTRACT
O agronegócio é um setor relevante para a economia brasileira, contribuindo para o crescimento do PIB nacional, para o desenvolvimento e para a geração de renda, além de produzir alimentos, que são essenciais mesmo em momentos de crise. No início de março, o Brasil foi surpreendido pelos efeitos da pandemia de COVID-19, que gerou incertezas e volatilidades em todos os setores da economia. Desse modo, o presente estudo buscou avaliar o impacto da pandemia de COVID-19 em cinco empresas do ramo do agronegócio listadas na B3, durante os dois primeiros trimestres dos anos de 2019 e 2020, pretendendo conhecer o desempenho do setor durante a crise. A pesquisa possui abordagem qualitativa, e se caracteriza como descritiva, na forma de estudo de caso. Realizou-se o cálculo dos indicadores econômico-financeiros e a análise vertical e horizontal nos demonstrativos contábeis das empresas, a fim de atingir o objetivo proposto. Observou-se que, de maneira geral, as empresas do agronegócio conseguem apresentar bons resultados em momentos de crise, chegando até mesmo a apresentar crescimento durante o período da pandemia, auxiliando na manutenção da economia do país.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Michelle De Oliveira Santos 28-10-2021 13:25:04

O cenário de crise e retração da economia, quando se analisa isoladamente o desempenho da agricultura e do agronegócio do Brasil os dados mostram uma performance de crescimento, tanto no que se refere ao aumento da produção total quanto ao do PIB setorial. Segundo um documento do Ministério da Economia (2020), “a crise econômica provocada pelo coronavírus teve pouco efeito nas exportações brasileiras por causa do desempenho do agronegócio”. Essa afirmação corrobora com a percepção de que o Brasil possui um agronegócio competitivo que funciona como instrumento de inserção comercial e ingresso de divisas externas. Na opinião de diversos analistas, muitos dos quais engajados na defesa do setor, a competitividade do agronegócio prospera independente dos governos e mesmo no cenário da pandemia deverá se manter como importante catalisador da economia brasileira.

Parabéns pela iniciativa na realização do estudo. O Brasil é um país cujo PIB possui forte influência do agronegócio, em 2020 o setor representou certa de 26,5% do total de riquezas produzidas pelo país, logo, os fenômenos nesse campo precisam ser investigados. O trabalho apresenta uma pesquisa descritiva cujos resultados são limitados pelo uso da técnica de estatística descritiva, portanto, não creio que seja seguro falar em ''impacto'' da pandemia no setor, todavia ele agrega ao revelar uma fotografia das 5 empresas analisadas, portanto, tem validade. Em termos de formatação há alguns problemas nas tabelas, espaços entre parágrafos, títulos e texto, etc. O texto também merecia uma revisão mais atenta, mas no geral estão todos de parabéns. Ciência é isso, é um arriscar e uma busca por melhorias constante.

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.