artigos
Convibra Conference - Marketing Sensorial no Contexto das Livrarias de São Paulo
Marketing Sensorial no Contexto das Livrarias de São Paulo

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Marketing

Temas Correlatos: Empreendedorismo e inovação;

Acessos neste artigo: 96


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Victor Dal Mas Eulalio , Lucas Cordeiro De Brito , Gustavo Luiz Saquete Dos Santos , Gabriel Duganiero Wagner , Felix Hugo Aguero Diaz Leon , Luciano Augusto Toledo

ABSTRACT
Este trabalho trata da compreensão e identificação dos fatores do marketing sensorial com a experiência do consumidor nas livrarias de São Paulo, dentro do contexto do coronavírus. A pesquisa foi dividida na parte qualitativa exploratória, da qual abordou 7 consumidores de livros, sem faixa etária definida e frequentadores de livrarias em 2020, sendo elas a Martins Fontes e Cultura da cidade de São Paulo, e na parte quantitativa descritiva, que alcançou uma amostra válida de 749 respondentes, sendo eles frequentadores de livrarias. Como resultado obtido diante de ambas as pesquisas, revelou-se a visão como o sentido mais percebido.

Palavras-chave: Marketing Sensorial; Livrarias; Sentidos Aristotélicos.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS
Foto do Usuário Márcia Marisa Corrêa 27-10-2021 11:32:00

O contexto foi elaborado na pandemia do corona vírus. O artigo faz ampla explanação do que vem a ser marketing sensorial , respetivas características no setor livreiro. Pelos dados pesquisados e obtidos, os autores resgatam e constatam aquelas características presentes no marketing sensorial. Entretanto, não fica evidente nas considerações finais os objetivos propostos em relação às vendas presenciais nas livrarias. Sugestão: seria interessante uma outra pesquisa sobre as on line com os dados apurados e cruzados destas pesquisas, uma vez que o e-commerce uma realidade atual durante e pós pandemia.

Foto do Usuário Márcia Marisa Corrêa 27-10-2021 11:32:00

O contexto foi elaborado na pandemia do corona vírus. O artigo faz ampla explanação do que vem a ser marketing sensorial , respetivas características no setor livreiro. Pelos dados pesquisados e obtidos, os autores resgatam e constatam aquelas características presentes no marketing sensorial. Entretanto, não fica evidente nas considerações finais os objetivos propostos em relação às vendas presenciais nas livrarias. Sugestão: seria interessante uma outra pesquisa sobre as on line com os dados apurados e cruzados destas pesquisas, uma vez que o e-commerce uma realidade atual durante e pós pandemia.

Foto do Usuário Allan Augusto Platt 12-11-2021 12:32:01

Parabéns aos autores pelo excelente estudo. Em relação a observações cito: 1. Em Relação ao Resumo, pode-se detalhar mais os Resultados e Conclusões que foram interessantes. 2. Na Introdução, os três parágrafos retratam bem o mercado das livrarias. Poderia também ser apresentada a situação de pandemia e a Relevância do Marketing Sensorial. Rever o problema de pesquisa. Ficou semelhante ao objetivo. 3. Em relação ao Referencial Teórico: o tópico relacionado ao Marketing Sensorial, Georges et al., 2015; Palokangas et al., 2012; Zurawicki, 2010 aparecem em todas as citações do texto (ficou estranho, sobretudo para verificar distinções de conhecimentos referentes a cada uma das referências) 4. Já o setor livreiro foi referenciado apenas por (Oliveira, 2017). 5. Boa descrição dos Procedimentos Metodológicos 6. Excelente Análise dos Dados da Pesquisa (tanto a Quali como a quanti!) 7. Gostei das Considerações Finais. Parabéns novamente!!!

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.