artigos
Convibra Conference - PAPEL DO GERENTE DE ATENÇÃO BÁSICA DE ACORDO COM A NOVA POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO BÁSICA
PAPEL DO GERENTE DE ATENÇÃO BÁSICA DE ACORDO COM A NOVA POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO BÁSICA

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Gestão de serviços de saúde

Temas Correlatos: Modelo de Atenção Básica em Saúde;

Acessos neste artigo: 6


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Amanda Romualdo Cortez De Oliveira Campos , Deborah Machado De Oliveira

ABSTRACT
Trata-se de revisão da literatura acerca do papel do gerente de estratégias de saúde da família. A fim de reorganizar a atenção básica, foi criada a estratégia de saúde da família, a partir das experiências exitosas de outros países. Com a criança da Política Nacional de Atenção Básica em 2017, foram estabelecidas diretrizes para a organização da Atenção Básica. Uma das mudanças foi a criação do cargo de gerente da ESF. Os gestores apresentam-se como peças fundamentais e agregam conhecimento técnico e experiência no processo de trabalho, com uma gestão mais qualificada para conduzir a equipe para
oferecer ações e serviços de saúde adequados. Conclui-se que a função de gerente/gestor é de suma importância para as clínicas de família, sendo importante a expansão da contratação desses profissionais em todas as unidades básicas de saúde.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.