artigos
Convibra Conference - FINTECHS E CAPACIDADES DE INOVAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO
FINTECHS E CAPACIDADES DE INOVAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO

DOCUMENTAÇÃO

Tema: Empreendedorismo e inovação

Temas Correlatos: Gestão estratégica;

Acessos neste artigo: 12


Certificado de Publicação:
Não disponível
Certificado de Participação:
Não disponível

COMPARTILHE ESTE TRABALHO

AUTORIA

Diogo Marcelino Campos-Teixeira

ABSTRACT
Com o advento da tecnologia, diferentes inovações tecnológicas têm modificado as atividades organizacionais de diferentes setores. Desta forma, as fintechs emergem como principais frutos da indústria 4.0 no sistema financeiro. Essas firmas têm abarcado um montante de capacidades que permitem com que essas empresas inovem de maneira brusca em seu setor. Diante deste fator, o trabalho em questão tem como objetivo avaliar a capacidade de inovação das fintechs pela ótica das capacidades tecnológica, operacional, gerencial e transacional. Será realizado um estudo de caso de uma fintech que ocupa posição liderança no mercado brasileiro. Este estudo será composto de entrevista, análise de documentos e acompanhamento presencial. Os resultados demonstram que uma fintech necessita de operar essas capacidades de maneira diferente das instituições formais para preencherem as lacunas de mercado disponíveis.

Para participar do debate deste artigo, .


COMENTÁRIOS

Utilizamos cookies essenciais para o funcionamento do site de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.